A CONTAMINAÇÃO ANTRÓPICA E SEUS EFEITOS EM TRÊS ESTUÁRIOS DO LITORAL DO CEARÁ, NORDESTE DO BRASIL - REVISÃO

Lígia M. B. M. Santana, Letícia V. Costa, Denis M. S. Abessa

Resumo


Os estuários, encontro de rios e oceanos nas zonas litorâneas, apresentam biodiversidade atraente à exploração e desenvolvimento de atividades humanas. No entanto, as ações antrópicas interferem nas dinâmicas estuarinas naturais, impactando-os tanto pela destruição da paisagem quanto pela adição de compostos que geram efeitos letais e subletais nosorganismos. No Ceará, os estuários dos rios Ceará, Pacoti e Jaguaribe são relevantes visto suas localizações, importância socioeconômica e interações com populações ribeirinhas. Devido ao avanço da degradação da qualidade destes estuários, este trabalho apresenta uma revisão sobre a presença de contaminantes na água e no sedimento, e seus efeitos sobre a biota. O aumento da contaminação, principalmente pelo incremento nos níveis de metais no sedimento, tem sido evidenciado, especialmente nos últimos 10 anos. Danos biológicos foram vistos em espécies locais e testes de toxicidade evidenciaram o potencial tóxico, agudo e crônico, dos contaminantes presentes nos três estuários, incluindo o Pacoti, antigo sítio de referência. Apesar de iniciativas de proteção, os impactos nestes estuários são frequentes, contínuos e crescentes. Os dados ressaltam a existência de graves lacunas de conhecimento sobre as contaminações locais e reforçam a urgente necessidade de mais pesquisas e ações de controle para prevenir futuros impactos de amplitude ecossistêmica.

Palavras-chave


contaminantes ambientais, efeitos ecotoxicológicos, água, sedimento, biota

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Arquivos de Ciências do Mar