Análise da Relação Entre a Criação de Valor e os Direcionadores de Valor no Setor de Saúde no Brasil (2002-2003)

Diógenes Manoel Leiva Martin, André Wakamatsu, Edson Oliveira, Wilson Toshiro Nakamura

Resumo


Neste trabalho é analisada, de forma empírica, a relação entre criação de valor e os direcionadores de valor, financeiros e não financeiros, no setor de saúde no Brasil nos anos 2002 e 2003, sendo considerada uma amostra de 1070 empresas do setor. Como a grande maioria das empresas é de capital fechado, o valor das empresas foi medido considerando indicadores financeiros de desempenho de margem e retorno. Os seguin- tes direcionadores de valor foram estatisticamente significantes: 1) quantidade de equipamentos de alta tecnologia, 2) filiação ao SUS, 3) nível de endividamento, 4) valor do imobilizado e 5) idade das instituições de saúde. Na análise dos resultados verificou-se a hipótese de que somente a quantidade de equipamentos de alta tecnologia é direcionador para a criação de valor, enquanto que as demais variáveis acarretam destruição de valor das empresas de saúde.

Palavras-chave


Direcionadores de Valor, Siste- ma Único de Saúde, Criação de Valor

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Qualis B2 (2012 - Administração, Contabilidade e Turismo
Revista Contextus (Fortaleza) - FEAAC / UFC
Av. da Universidade, 2486. Benfica, Fortaleza-CE. CEP 60020-180 - Brasil