APLICAÇÃO DO K-MEANS CLUSTER PARA CLASSIFICAR ESTILOS GERENCIAIS

Marilene Bertuol Guidini, Auster Moreira Nascimento, Rosemarie Bröker Bone, Tiago Wickstrom Alves

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi de realizar uma análise estatísticaa fim de classificar os estilos de gestão das organizaçõesempresariais utilizando as técnicas de agrupamento através dok-means cluster. Limitou-se a abordar os estilos propostos porLikert (1975;1979): autoritário, benevolente, consultivo eparticipativo. Efetuou-se uma survey através de um questionário,com questões fechadas respondido por 111 controllers deempresas da revista Valor 1.000 entre os anos de 2000 a 2004.Para classificar os estilos aplicou-se o k-means cluster. Constatou-se que 45,95% das empresas apresentaram um estilo degestão participativo, com aplicações eventuais de punições pelanão consecução de metas; 29,73%, um estilo de gestãoconsultivo, também com eventuais punições; 7,21% apresentaramum estilo de gestão consultivo, com eventuais puniçõese um planejamento estratégico informal; 9,01%, um estiloconsultivo, porém, sem a aplicação de punições ou de critériosde incentivos aos gestores; e, por fim, 8,11%, um estilobenevolente.

Palavras-chave


Organizações. Estilo de Gestão. K-Means Cluster.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Qualis B2 (2012 - Administração, Contabilidade e Turismo
Revista Contextus (Fortaleza) - FEAAC / UFC
Av. da Universidade, 2486. Benfica, Fortaleza-CE. CEP 60020-180 - Brasil