SOBRE ALGUMAS TENTATIVAS DE SUPERAÇÃO DO DOGMATISMO: O MARXISMO TCHECO NOS ANOS 1960

  • Pedro Leão da Costa Neto

Resumo

processo de desestalinização, desencadeado com a morte de Stalin e a sucessiva leitura do relatório Khrushchov frente ao XX Congresso do PCUS, veio acompanhado de intensos debates teóricos que levaram a um verdadeiro florescimento do pensamento marxista na Europa Oriental. Na Tchecoslováquia, igualmente, estes debates foram de grande relevância e deram origem a um verdadeiro pluralismo no interior da teoria marxista. As obras de Jindřich Zelený, Karel Kosik e Robert Kalivoda representaram três diferentes tentativas de diálogo com a tradição filosófica, com a obra de Marx e o marxismo, assim como, com diferentes tendências teórico-filosóficas existentes na Tchecoslováquia e expressaram três diferentes respostas a crise do dogmatismo oficial.
Publicado
2016-10-06
Seção
Dossiê Marx e a Tradição Filosófica