PERSPECTIVAS CONSTITUCIONAL E TRIBUTÁRIA DO MODELO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA DA VILA PERMANENTE DA UHE TUCURUÍ

  • Mikail Matos Ferreira Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Resumo

O presente artigo versa sobre perspectivas constitucionais e tributárias do modelo de contraprestação pelo fornecimento de energia elétrica — instituído e em vigor desde 1994 — na Vila Residencial Permanente situada no município de Tucuruí e administrada pela Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. (ELETRONORTE). Naquela localidade é cobrada tão somente uma Taxa de Serviços Urbanos (TSU) que considera o tamanho e o tipo da unidade habitacional ocupada como elementos principais para o cálculo e que serve ainda como contraprestação pela prestação de outros serviços, como fornecimento de água e saneamento básico, mas despreza o consumo real de energia elétrica de cada usuário. Para exame desse citado modelo, desenvolveu-se uma pesquisa predominantemente qualitativa, perfazendo-se estudo de caso conjugado com vasto exame documental e análise teórica de diversos arquétipos constitucionais e legais mediante o método hipotético-dedutivo. Por fim, os resultados obtidos atestam que o aludido modelo apresenta máculas patentes de inconstitucionalidade e ilegalidades, especialmente pela visão de isonomia constitucional e tributária.

 

Palavras-chave: Energia Elétrica. Vila Permanente. ELETRONORTE. TSU. Consumo.

Biografia do Autor

Mikail Matos Ferreira, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
  

Referências

ALEXANDRE, Ricardo. Direito tributário - 11. ed. rev. atual. e ampl. - Salvador - Ed. JusPodivm, 2017.

BRASIL. Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Contrato de Concessão n. 007/2014-ANEEL-ELETRONORTE. Disponível: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1970-1979/D74279.htm>. Acesso em 26 jan. 2018.

______. Contrato de Concessão de Distribuição nº 182/98 - ANEEL – CELPA. Disponível em: <http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/Contrato/Documentos_Aplicacao/182.pdf>. Acesso em 26 jan. 2018.

ELETROBRÁS. Relatório de Administração Anual 2016. Disponível em: <http://eletrobras.com/pt/SobreaEletrobras/Relatorio_Anual_Sustentabilidade/2016/Relatorio-Anual-Eletrobras-2016.pdf>. Acesso em 17 jan. 2018.

ELETRONORTE. Estatuto. Disponível em: <http://agencia.eletronorte.gov.br/site/acessoainformacao/wp-content/uploads/sites/6/2017/05/estatuto-Eletronorte.pdf>. Acesso em 17 jan. 2018.

______. Extrato da Ata da 359ª Reunião do Conselho Fiscal da Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. – ELETRONORTE, realizada em 24/11/2016.Disponível em: <http://www.eletronorte.gov.br/opencms/export/sites/eletronorte/aEmpresa/Ata_Direcao/CF/2016/ATA_359_-_EXTRATO.pdf>. Acesso em 17 jan. 2018.

______. Geração por Estado: Pará. Disponível em: <http://www.eletronorte.gov.br/opencms/opencms/pilares/geracao/estados/para/>. Acesso em 17 jan. 2018

______. Plano Diretor de Ocupação e Administração de Vilas Residenciais Permanentes das UHE’s Balbina e Tucuruí. Aprovado pela RD n. 134 de 10 de maio de 1994.

______. Relatório de Implementação do Plano Diretor de Ocupação e Administração da Vila Residencial da UHE Tucuruí. 03 jan. 1997.

______. Tabela Taxa de Serviços Urbanos: Referência setembro/2017 a agosto/2018. Obtida pelo autor em 21 nov. 2017 junto à Administração da Vila Residencial Permanente da UHE Tucuruí como resultado pedido de acesso informação registrado sob protocolo n. 99908000724201753

ESTATÍSTICA, Instituto Brasileiro de Geografia e. IBGE Cidades: Evolução populacional de Tucuruí/PA. Disponível em: <https://ww2.ibge.gov.br/cidadesat/painel/populacao.php?lang=&codmun=150810&search=para|tucurui|infograficos:-evolucao-populacional-e-piramide-etaria >. Acesso em: 17 jan. 2018

FERNANDES, Bernardo Gonçalves. Curso de Direito Constitucional. 9 ed. rev., ampl. e atual – Salvador: JusPODIVM, 2017

HARADA, Kiyoshi. Direito financeiro e tributário. – 26. ed. rev., atual. e ampl. – São Paulo: Atlas, 2017.

MARTINS, Flávio. Curso de direito constitucional. 1 ed. São Paulo: Editora Revista dos

Tribunais, 2017.

PARÁ, Estado do. Inventário da Oferta Turística de Tucuruí – 2012. Disponível em: <http://www.setur.pa.gov.br/sites/default/files/pdf/inventario_tucurui_0.pdf>. Acesso em: 17 jan. 2018.

PEREIRA, Edir Dias Augusto; SILVA, Michelle Sena da; FERREIRA, Torquato Maia. Vila permanente: recortes e retratos de uma company town na Amazônia. In: TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair Cordeiro da; ROCHA, Gilberto de Miranda (Org.). Cidade e empresa na Amazônia: gestão do território e desenvolvimento local. Belém: Paka-Tatu, 2002.

SABBAG, Eduardo. Manual de direito tributário. 9. Ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

Publicado
2018-12-30
Como Citar
Ferreira, M. M. (2018). PERSPECTIVAS CONSTITUCIONAL E TRIBUTÁRIA DO MODELO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA DA VILA PERMANENTE DA UHE TUCURUÍ. Revista Dizer, 3(1). Recuperado de http://periodicos.ufc.br/dizer/article/view/40678
Seção
Artigos