O patriarcado nas entrelinhas da sociedade

a exposição da imagem da mulher como fruto dos desejos masculinos

  • Thomas Barrili Ramos
Palavras-chave: O Rio Nu, História, Mulher, Sexualidade

Resumo

O presente trabalho se baseia na análise da representação dos corpos femininos nas fotografias de um jornal carioca intitulado O Rio Nu, que circulou nas primeiras décadas do século XX na capital brasileira. A pesquisa teve como intuito verificar como o patriarcado instituído na sociedade brasileira acabava se expressando com a escolha das imagens femininas, o que gerava atração no público masculino. Imagens, essas, que eram ressignificadas a um contexto de consumo e pornografia. A análise se baseou em uma observação da iconografia dos diferentes elementos presentes nas fotografias colocadas no periódico e a relação de seus possíveis significados com os valores e características da identidade cultural brasileira. Verificou-se como as condições culturais são agentes
compositivos para o padrão exposto nas representações eróticas, além da forma como aqueles corpos eram vistos e comercializados e a sobreposição masculina como causadora dessas condições. Esses e outros fatores possibilitaram entender que os valores e costumes se manifestam em toda expressão humana, e que o jornal analisado é apenas mais um resultado do patriarcalismo profundamente enraizado em nossa civilização.

Publicado
2020-06-18
Como Citar
Ramos, T. B. (2020). O patriarcado nas entrelinhas da sociedade. Em Perspectiva, 6(1), 101-120. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/emperspectiva/article/view/42365
Seção
Dossiê Temático