Projeto PELIBRAS e o pioneirismo da Língua Brasileira de Sinais no curso de psicologia UFC - campus Sobral

  • Ana Thais Soares de Oliveira
  • Natália Santos Marques
  • Rodrigo da Silva Maia

Resumo

Este resumo tem o objetivo de descrever as ações do projeto PETLIBRAS, por meio de um relato de experiência. O projeto PETLIBRAS foi criado no ano de 2019 com o objetivo de promover um espaço de diálogo, educação e conscientização sobre a importância do aprendizado da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) na formação do profissional de psicologia. Por conta da pandemia de contaminação (COVID19), o projeto teve inicio apenas em setembro do ano seguinte, de modo remoto, no qual permanece até a atual data. As ações do PETLIBRAS se dividiram em: 1. pesquisa: sobre as ações de acessibilidade na Universidade Federal do Ceará - campus Sobral, 2. ensino: grupo de estudos em Língua Brasileira de Sinais e 3. extensão: por meio de palestras voltadas para a comunidade, com temas relacionados a psicologia bilíngue, saúde mental e surdez. Os grupos de estudos foram destinados exclusivamente aos estudantes de psicologia do campus em questão, visto que este público não tem acesso a realização da disciplina de LIBRAS durante sua formação. Este déficit faz com que, após a conclusão do curso, os profissionais se deparem com dificuldades de comunicação no atendimento a pessoa surda nos espaços de atuação, como escolas, organizações empresariais e principalmente em ambientes públicos na área da saúde. Após a conclusão do grupo de estudos, os alunos tiveram acesso ao aprendizado de sinais básicos para uma comunicação inicial, além de materiais para estudo, compartilhamento de cursos gratuitos e palestras com profissionais bilíngues de três áreas distintas (social, escolar e clínica). Durante a avaliação deste processo com os participantes, foi percebido que há uma necessidade de temas e ações relacionados a acessibilidade no campus de Sobral e que se faz necessário mais práticas voltadas para esta abrangência.
Publicado
2021-01-01
Seção
VIII Encontro de Programas de Educação Tutorial