Percepção dos acadêmicos de medicina acerca da importância do simulado da avaliação prática na disciplina de anatomia humana

  • Amandha Espavier Trés
  • Maíra Pimenta Freitas Pinto, José Elmano Silva, Daniel Hardy Melo, Carolina da Silva Carvalho
  • Eladio Pessoa de Andrade Filho

Resumo

INTRODUÇÃO: A disciplina de anatomia humana é uma das primeiras matérias a qual o acadêmico de medicina se depara, um conteúdo fascinante e muito esperado. Todavia, sua complexidade pode, muitas vezes, desafiar os acadêmicos. Assim, o corpo docente da disciplina de anatomia da UFC (Sobral), aliado aos monitores, implementou o simulado da avaliação prática de anatomia, buscando orientar os estudantes no processo de adaptação e consequentemente no rendimento do aprendizado. OBJETIVOS: Analisar a percepção dos estudantes acerca da importância do simulado da avaliação prática na disciplina de anatomia humana. METODOLOGIA: Realizou-se uma pesquisa de opinião, no Google Forms, utilizando-se de perguntas objetivas de caráter anônimo e voluntário direcionada aos alunos matriculados na disciplina e que já participaram de algum simulado anteriormente. RESULTADOS: Dos participantes; 54,3% eram alunos do primeiro semestre; 45,7% eram alunos do segundo semestre. Participação em pelo menos algum dos simulados; 95,7% responderam que sim; e 4,3% não. Quanto o simulado agrega no aprendizado; 77,3% disseram muito; 18,2% razoavelmente; e 4,5% pouco. Quanto o simulado agrega no desempenho da prova; 81,8% responderam muito; 13,6% razoavelmente; e 4,5% pouco. Quanto o simulada ajuda a fixar as estruturas; 65,9% relataram muito; 29,5% razoavelmente; e 4,5% pouco. Quanto o simulado ajuda identificar erros e dificuldades; 86,4% declararam muito; 9,1% razoavelmente; 2,3% pouco; e 2,3% nada. Quanto o simulado ajuda a diminuir o nervosismo para a prova; 56,8% disseram muito; 29,5% razoavelmente; 6,8% pouco; e 6,8% nada. No contexto pandêmico, quanto o simulado anatomia ajuda no contato com as peças anatômicas; 84,1% responderam muito; 11,4% razoavelmente; 2,3% pouco; e 2,3% nada. CONCLUSÃO: O simulado é uma ferramenta importante no processo de ensino/aprendizagem e de fixação do conteúdo, além de permitir a identificação das dificuldades e proporcionar contato com as peças anatômicas.
Publicado
2021-01-01
Seção
XXX Encontro de Iniciação a Docência