ESTUDO SOBRE OS EFEITOS DO ENSINO REMOTO NO APRENDIZADO DOS DISCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ-CAMPUS CRATEÚS DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19.

  • João Victor Rodrigues Soares
  • LUíSA GARDêNIA ALVES TOMé FARIAS
  • Janaina Lopes Leitinho

Resumo

No ano de 2020, os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, entraram em isolamento por conta da pandemia da corona vírus. Devido a isso, todas as aulas presenciais tiveram que ser canceladas, fazendo com que muitas instituições de ensino fossem obrigadas a se adaptar a atividades de maneira remota, adotando métodos como, vídeos aulas, quizzes, questionários online, entre outros. Na Universidade Federal do Ceará - Campus Crateús não foi diferente, pois muito se foi feito para que o conhecimento continuasse a ser repassado, mas a pergunta que deve ser feita é: após um ano e meio em aulas remotas, houve um aprendizado de qualidade? O presente estudo tem como objetivo verificar os efeitos do aprendizado pela perspectiva do estudante. A metodologia do trabalho consistiu em aplicar um formulário com 8 perguntas via Google Forms, abordando questionamentos como: a comparação dos níveis de desempenho no ensino presencial e remoto, dificuldades enfrentadas no aprendizado durante a pandemia; métodos avaliativos mais eficazes; Tipos de aulas preferidos; tempo de duração das aulas; entre outros. Ao todo, 117 alunos do campus responderam ao questionário. É importante destacar, que devido a pandemia, muitos destes discentes tiveram que conciliar trabalho e/ou afazeres domésticos com o estudo, além de uma boa parte não ter os meios adequados, tais como internet de qualidade e computador ou celular para conseguir acompanhar as aulas de forma integral, o que também os prejudicou muito. O feedback dos alunos auxiliará as ações da UFC nos anos pós pandemia possibilitando estratégias que possam auxiliar estes alunos.
Publicado
2021-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência