O IMPACTO NA MELHORIA DO APRENDIZADO DOS ALUNOS ATRAVÉS DO USO DE VÍDEOS DURANTE O ENSINO REMOTO NA DISCIPLINA DE SISTEMAS OPERACIONAIS.

  • Antonia Micaele Tomaz Silva
  • JOSÉ WELLINGTON FRANCO DA SILVA
  • Francisco Anderson de Almada Gomes

Resumo

A pandemia da Covid-19 afetou a educação brasileira nos primeiros meses de 2020, devido isso, o ensino presencial tornou- se inviável e várias instituições decidiram aderir o ensino remoto. No entanto, o ensino remoto trouxe à tona problemas como: a falta de recursos digitais, a dificuldade de aprendizagem dos alunos portadores de deficiência e o impacto da saúde mental desses jovens, entre outros. Vale ressaltar ainda que, em agosto de 2020 o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), realizou um estudo chamado “Acesso Domiciliar à Internet e Ensino Remoto Durante a Pandemia”, o qual evidenciou que “cerca de seis milhões de estudantes, desde a pré-escola até a pós-graduação, não têm acesso à internet banda larga ou 3G/4G em casa”. Visando mitigar essa problemática, nosso trabalho teve como objetivo desenvolver vídeos legendados sobre determinados conteúdos a fim de aproximar e melhorar o aprendizado dos alunos na disciplina. Esses vídeos foram idealizados e desenvolvidos pelo bolsista monitor do Programa de Iniciação à Docência (PID). Os vídeos foram desenvolvidos de acordo com um artigo feito por Darlin Nalú Avila Pazzini e Fabrício Viero de Araújo, intitulado de “O uso do vídeo como ferramenta de apoio ao ensino-aprendizagem”. Na qual, enfatiza que o vídeo pode ser utilizado como uma tecnologia de fins pedagógicos e como instrumento de ensino e aprendizagem. Outro ponto positivo do uso dessa metodologia, foi que os estudantes poderiam ver os vídeos em qualquer horário do dia, bem como o baixo consumo de dados. Os vídeos gravados eram sempre acompanhados de um formulário para os alunos avaliarem a sua qualidade e deixarem sugestões e comentários, tais formulários continham perguntas como o nome do aluno e como o mesmo avaliava o vídeo, sendo uma avaliação de forma geral, sem características específicas (vídeo, áudio e conteúdo). Dessa forma tais vídeos tiveram duração de no máximo 10 minutos, em formato mp4 e foram abordados temas como: tipos de sistemas operacionais, máquina virtual, o problema do produtor consumidor, deadlock, ferramenta para simular o ensino de sistemas operacionais (SOsim), algoritmo do banqueiro. Por meio da análise dos formulários tivemos uma média de 15 respostas por vídeo e a partir dos mesmo pode-se inferir que 73,39% e 25,68% dos alunos avaliaram os vídeos como ótimo e bom respectivamente. Percebemos então que os vídeos atrelados ao conteúdo disponibilizado pelo professor tiveram impacto mais eficiente e completo na forma como os universitários adquiriram conhecimento.
Publicado
2021-01-01
Seção
Encontro de Iniciação à Docência