GERMINAR - UMA AÇÃO PARA A GESTAÇÃO DE STARTUPS

  • Elane Vieira
  • LíLIAN DE OLIVEIRA CARNEIROPEDRO HENRIQUE FERREIRA LIMA JAIANNY MENDES SILVA CAVALCANTE
  • Arnaldo Barreto Vila Nova

Resumo

Diante da contínua necessidade de novas ideias que satisfaçam e facilitem as carências da sociedade, é crescente o número de startups que surgem a partir de ideias inovadoras. Atualmente existem 13.659 startups no Brasil, um número mais de vinte vezes maior do que no ano de 2011, comprovando assim, a tendência desse modelo de negócio e o talento empreendedor dos brasileiros. Na região de Crateús isso não é diferente, torna-se cada vez mais perceptível o interesse pela criação de novos negócios. Entretanto, assim como na criação de qualquer outro empreendimento, o processo de iniciação de uma startup enfrenta obstáculos, e nove em cada dez delas “quebram”. Alinhado nessa perspectiva, criou-se no ano letivo de 2020, no campus da UFC-Crateús, dentro do projeto de Extensão Start UFC, um subprojeto chamado Germinar, que apresenta como objetivo auxiliar startups em suas etapas de criação. Essa ação colaborativa atuará desde o processo de ideação, de identificação da problemática e sua validação, bem como, do processo de concepção de uma solução e validação da mesma, até a criação do pitch. Ou seja, de todos os estágios iniciais no processo de inicialização desse modelo de negócio. Além disso, busca-se captar startups já existentes e apresentá-las às iniciativas que atuam na região e que apoiam essas atividades. No Germinar, os participantes poderão aprimorar suas habilidades de liderança, capacidade de autogestão e planejamento, bem como adquirir novas competências, proporcionando um melhor desenvolvimento de suas startups e potencializando as chances de consolidação no mercado. As metodologias utilizadas no Germinar baseiam-se na Aprendizagem Cooperativa e Aprendizagem Ativa, trabalhadas em várias dinâmicas que envolvem: modelagem de negócio, validação de cliente, design, pitch, entre outras. Como resultado dessa ação colaborativa de apoio, é esperado que as startups que fazem parte dela consigam desenvolver seu aspecto comercial, trabalhar melhor suas ideias e melhorar seus modelos de negócios, além de estabelecer planejamento de marketing e de gerenciamento. É almejada ainda, através das atividades que serão desenvolvidas, uma qualificação certificada dos participantes, bem como, um melhor desenvolvimento das habilidades essenciais, como às boas práticas de apresentação. Além disso, espera-se que através do auxílio desta ação, as startups consigam participar mais preparadas em iniciativas de fomento e aceleração, tal como o programa Corredores Digitais. Assim, por meio dessa assistência, a ação busca diminuir o número de startups que encerram suas atividades ainda nas fases iniciais de seus desenvolvimentos.
Publicado
2021-01-01
Seção
I Encontro de Empreendedorismo e Inovação