LEVANDO O EMPREENDEDORISMO PARA AS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO

  • Luan Saboia Bezerra
  • LíLIAN DE OLIVEIRA CARNEIROLUCAS ARAUJO MOREIRA
  • Arnaldo Barreto Vila Nova

Resumo

Atualmente, segundo dados apresentados pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM) em 2020, o Brasil possui 50,4% de empreendedores entre 18 e 34 anos com estágio de negócios em fase inicial. Com esses dados, é perceptível que o país tem grande um potencial empreendedor, apesar dos projetos pedagógicos das escolas não incluírem atividades voltadas para apoiar alunos que tenham ideias inovadoras e que pretendem desenvolver projetos e montar Startups. As Startups vêm surgindo com grande potencial no mercado. É inegável também que a evasão escolar segue presente na realidade do Brasil. Segundo dados do IBGE, apresentados em 2019, cerca de 39,1% da comunidade escolar acaba abandonando os estudos para trabalhar, seja para ajudar a família ou para a autossustentação. Considerando o grande potencial dos alunos em colocar suas ideias em prática e transformar a realidade onde vivem, a inserção do Empreendedorismo nas escolas da região de Crateús entra como uma possibilidade para que os alunos não precisem evadir da comunidade escolar para buscar oportunidades de trabalho. Por meio do projeto de Extensão IEE – Inclusão do Empreendedorismo nas Escolas da Região de Crateús, iniciativa da Universidade Federal do Ceará (UFC) - Campus de Crateús, em parceria com outras iniciativas do Campus relacionadas ao tema, como o SParC - Ecossistema Parque Tecnológico de Crateús e o projeto de Extensão Start UFC, o presente trabalho tem por objetivo incentivar os alunos do Ensino Médio a implementarem suas ideias, seja na sala de aula ou até mesmo fora do âmbito escolar, podendo atingir a comunidade onde reside, por meio de atividades relacionadas ao Empreendedorismo, como palestras, rodas de conversa e oficinas. Visando criar oportunidades para que os alunos possam dar os primeiros passos no Empreendedorismo, o mundo das Startups será apresentado a eles, guiando-os para transformar suas ideias em negócios. Assim, este trabalho irá estimular a criatividade dos alunos e os incentivar a pensar em um futuro promissor com responsabilidade financeira e socioambiental. Ao final de 2021, espera-se destacar equipes formadas por alunos dessas escolas para trabalharem suas ideias inovadoras no caminho de formação de Startups com o apoio dos projetos do Campus.
Publicado
2021-01-01
Seção
I Encontro de Empreendedorismo e Inovação