UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE AS DIFICULDADES DAS STARTUPS EM CRATEÚS

  • Sara Cordeiro de Sousa
  • LíLIAN DE OLIVEIRA CARNEIRO
  • Arnaldo Barreto Vila Nova

Resumo

Diante de um ambiente de mercado cada vez mais competitivo, cresce a necessidade de que os empreendimentos sejam mais inovadores, trazendo soluções para problemas que ainda não foram tratados. Assim surgiram as startups. Existem atualmente cerca de 13.924 startups pelo Brasil. Esse dado indica a busca crescente por esse modelo de negócio. Apesar da inegável importância desses novos empreendimentos e do alto investimento neles, a taxa de mortalidade de startups nos 5 primeiros anos chega a alcançar 90%. Todo fundador de um novo empreendimento deve saber desde o início que haverá inúmeros obstáculos que podem vir a atrapalhar o processo de criação e desenvolvimento de uma nova empresa. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo levantar as principais dificuldades enfrentadas na criação de uma startup e em seu desenvolvimento na região de Crateús. A partir desses dados será possível amparar os gestores das startups em suas buscas pelo sucesso, através do subprojeto Geminar, iniciativa criada para dar suporte às startups da região pelo projeto de Extensão Start UFC da Universidade Federal do Ceará (UFC) - Campus de Crateús. A coleta de dados foi realizada através de entrevista feita com os gestores de quatro startups que estão ou estiveram em ação na região de Crateús a fim de compreender as dificuldades enfrentadas. Os resultados obtidos apontam como motivos causadores de dificuldades: pouco ou nenhum mercado para o produto que construíram; falha no modelo de negócios e consequentemente dificuldade em conquistar clientes; e o insucesso na validação do produto ou serviço no meio em que o empreendimento está inserido. Estas informações estão em consonância com pesquisas de outras instituições, como a Fundação Cabral que aponta também alguns outros motivos como a falta de comprometimento e desentendimento entre a equipe. Além desses percalços, nota-se também que na região de Crateús ainda há pouco investimento nesse modelo de negócio, levando a um financiamento mal sucedido. Com os resultados deste trabalho e atividades do Germinar, espera-se construir uma base sólida para o apoio ao desenvolvimento de novos empreendimentos a médio e longo prazo, fortalecendo o desenvolvimento regional por meio da inovação.
Publicado
2021-01-01
Seção
I Encontro de Empreendedorismo e Inovação