PERCEPÇÕES, EXPECTATIVAS E PROPOSTAS CONCERNENTES À ATUAÇÃO DO PET UFC CRATEÚS

  • Bruna LeÃo Rosa Silveira
  • MARCELLA MARIA GOMES DAMASCENOANTONIO GUILHERME DA SILVA UMBELINO
  • Luísa Gardênia Alves Tomé Farias

Resumo

O Programa de Educação Tutorial (PET) tem como objetivo promover a formação ampla e de qualidade acadêmica aos alunos, estimulando a consciência social, cidadania e melhoria dos cursos de graduação. O PET de Crateús visa também melhorar a qualidade dos cursos do campus, colaborando com os corpos docente e discente. Os bolsistas atuam em grupos intentando o incentivo ao trabalho coletivo, mediante os três pilares da universidade, quais sejam, pesquisa, ensino e extensão, por meio de atividades multidisciplinares e abrangentes, como a execução de monitorias, projetos de pesquisa, eventos interdisciplinares e minicursos. Os “petianos” são alunos representantes dos cinco cursos da UFC em Crateús: Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia Civil, Engenharia de Minas e Engenharia Ambiental e Sanitária. Até o Processo Seletivo de 2021.1, o programa não contava com alunos dos cursos relacionados à Tecnologia e Informação, quando então dois novos membros foram selecionados, preenchendo essa lacuna. A partir disso, o programa busca alcançar maior envolvimento com esses cursos e melhor contribuir com a comunidade acadêmica. A pesquisa, em andamento, pretende levantar junto à comunidade docente e discente do campus suas percepções, expectativas e sugestões acerca do grupo PET, visando a produzir informações que possam subsidiar seu processo de melhoria contínua enquanto grupo, agindo de forma colaborativa e interdisciplinar. Mais especificamente, almeja-se investigar e descobrir como os alunos dos cursos de TI (Ciência da Computação e Sistemas de Informação) podem inserir-se no PET e contribuir para a elevação da qualidade do curso e da formação acadêmica dos estudantes; e elicitar áreas e temas de pesquisa em desenvolvimento atualmente no campus para verificar como o grupo, especialmente os representantes de TI, podem somar esforços e, coletivamente, fomentar uma maior participação nesses projetos, seja diretamente ou ajudando na preparação de outros colegas. Como metodologia, está sendo elaborado um questionário padronizado, com perguntas objetivas e subjetivas sobre o tema, a ser posteriormente aplicado em entrevistas com alunos e professores de todos os cursos do campus. Além disso, os projetos “Superação PET”, “Pet Indica” e “Guia Bixo” também foram aplicados para aproximar os discentes do curso de TI ao PET, por meio de, respectivamente, aulas de Cálculo, dicas úteis de atalhos de programas e apresentação geral do campus. Com isso, proceder-se-á com a análise quantitativa e qualitativa dos dados levantados, aplicando-se a técnica de análise de conteúdo para as respostas discursivas abertas, de forma a consolidar os resultados, capazes de responder às questões investigadas. A partir das respostas dos participantes conclui-se que os projetos citados possibilitaram o apuramento de sugestões de melhoria, o levantamento de propostas e iniciativas que podem ser realizadas, e um maior contato e aproximação entre os discentes de TI e o PET.
Publicado
2021-01-01
Seção
Encontro de Bolsistas do Programa de Educação Tutorial