CINEMA E PSICANÁLISE: CONSIDERAÇÕES SOBRE O TEMPO E A MEMÓRIA

  • Myrella Raissa Caetano Linhares Universidade Federal do Ceará
  • Caciana Linhares Pereira Universidade Federal do Ceará
  • Filipe Ramalheiro Venâncio de Souza Universidade Federal do Ceará
  • Juliana Fontes de Almeida Universidade Federal do Ceará
  • Rachel Martins Lemos Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Associação Livre. Montagem. Cinema. Psicanálise. Tempo.

Resumo

O artigo investiga a relação entre os mecanismos presentes na montagem e os mecanismos em jogo na técnica da associação livre, com vistas a contribuir para o debate mais geral que, no contexto das relações entre Cinema e Psicanálise, se voltam para o estatuto do tempo. Quanto à perspectiva do Cinema, trabalhamos com Andrei Tarkovski, privilegiando suas formulações sobre o tempo. Para o diretor, respeitar o tempo que está impresso materialmente em cada tomada é compromisso ético do artista com o seu material de trabalho. Quanto à Psicanálise, nos reportamos à problemática do tempo em sua relação com a técnica da associação livre e a noção de interpretação. A partir da experiência no Projeto Cine Freud, Cultura e Arte e da execução de um grupo de trabalho realizado no âmbito do Laboratório de Psicanálise da UFC, o artigo apresenta uma pesquisa de cunho bibliográfico.

Biografia do Autor

Myrella Raissa Caetano Linhares, Universidade Federal do Ceará
Departamento de Psicologia, Bolsista de extensão do Projeto de Extensão Cine Freud, Cultura e Arte.
Caciana Linhares Pereira, Universidade Federal do Ceará
Professora adjunta do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará, Coordenadora do Projeto de Extensão Cine Freud, Cultura e Arte. 
Filipe Ramalheiro Venâncio de Souza, Universidade Federal do Ceará
Departamento de Psicologia, Membro do Laboratório de Psicanálise da UFC.
Juliana Fontes de Almeida, Universidade Federal do Ceará
Departamento de Psicologia, Membro do Laboratório de Psicanálise da UFC.
Rachel Martins Lemos, Universidade Federal do Ceará
Depertamento de Psicologia, Bolsista do Laboratório de Psicanálise da UFC.

Referências

BARBOSA, Pablo Bergami Goulart. Um olhar impossível: Construção psicanalítica e montagem cinematográfica. 2006. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Psicologia, Universidade de Brasília, Brasília, 2006. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/6493/1/2006_Pablo%20Bergami%20Goulart%20Barbosa.pdf>. Acesso em: 23 ago. 2018.

FONTENELE, Laéria Bezerra. A interpretação. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2002.

FREUD, Sigmund. (1937) Construções em Análise. In: FREUD, Sigmund. Moisés e o Monoteísmo, Esboço de Psicanálise e outros trabalhos. 1. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

FREUD, Sigmund. (1899) Lembranças Encobridoras. In: FREUD, Sigmund. Primeiras Publicações Psicanalíticas. 1. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

FREUD, Sigmund. (1925) Nota sobre o “Bloco Mágico”. In: FREUD, Sigmund. O Eu e o Id, “autobiografia” e outros textos. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

FREUD, Sigmund. (1913) O Início do Tratamento. In: FREUD, Sigmund. Observações psicanalíticas sobre um caso de paranoia relatado em autobiografia: (O caso Schreber), artigos sobre técnica e outros textos. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

FREUD, Sigmund. (1914) Repetir, Recordar, Elaborar. In: FREUD, Sigmund. Observações psicanalíticas sobre um caso de paranoia relatado em autobiografia: (O caso Schreber), artigos sobre técnica e outros textos. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

FREUD, Sigmund. (1905[1904]) Sobre a Psicoterapia. In: FREUD, Sigmund. Um Caso de Histeria, Três Ensaios Sobre a Sexualidade e outros trabalhos. 1. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

FROEMMING, Liliane Seide. A montagem no Cinema e a associação livre na Psicanálise. 2002. Tese (Doutorado em Psicologia) — Instituto de Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

JORGE, Marco Antonio Coutinho. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan, vol. 1: as bases conceituais. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2000.

JORGE, Marco Antonio Coutinho. Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan, vol. 3: a prática analítica. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2017.

RIVERA, Tania. Cinema, Imagem e Psicanálise. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

TARKOVSKI, Andrei. Esculpir o tempo. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

Publicado
2018-12-27