GEOQUÍMICA DO BROMO EM HALITAS DA SUB–BACIA EVAPORÍTICA DE MACEIÓ

  • Cláudio Pires Florencio
  • Evaristo Ribeiro Filho

Resumo

Análises químicas efetuadas em halitas basais da fase Paripueira, obtidas em amostras de testemunhos
de sondagem na área da subbacia evaporítica de Maceió Bacia de Sergipe/Alagoas, exibem
teores de bromo variáveis, com média de 69 ppm. Tais valores são compatíveis para halitas primárias
formadas a partir da água do mar e comprovam, pela primeira vez, a origem marinha desses sais.
Seção
Artigos