As Águas Subterrâneas em Maranguape, Sudoeste de Fortaleza - Ceará

Itabaraci Nazareno Cavalcante, Nirlando de Oliveira Viana, José de Araujo Nogueira Neto, Christiano Magini, Maria da Conceição Rabelo Gomes Gomes, Milton Antonio da Silva Matta

Resumo


O trabalho apresenta um estudo sobre as condições hidrogeológicas de uma área (72km²) localizada no município de Maranguape, Ceará. Objetivou a caracterização hidrogeológica da área através do cadastro de poços e mapeamento dos sistemas hidrogeológicos. A metodologia constou do levantamento bibliográfico, cadastro e elaboração de um arquivo de dados dos poços, confecção de mapas, etapas de campo, integração e interpretação dos dados. Os sistemas aqüíferos existentes para o armazenamento das águas subterrâneas são as zonas aluvionares (15km²), coberturas colúvio-eluviais (3km²) e o meio cristalino (54km²) que representa 75% da área. Existem 170 poços cadastrados, sendo 73 tubulares e 97 escavados. Os parâmetros médios para o domínio sedimentar são: profundidade dos poços de 10,7m, nível estático de 2,7m e Sólidos Totais Dissolvidos - STD de 436,4 mg/L; no cristalino: profundidade dos poços de 57,4m, nível estático de 6,5m, nível dinâmico 39,1m, vazão 2,0 m³/h, rebaixamento 32,6m e STD de 1.012,3 mg/L. Existem três sistemas de famílias preferenciais de fraturas, com direções N-S, E-W e NE-SW, sendo este padrão bem marcado pela direção da drenagem, salientando a congruência entre drenagens e fraturas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.