Novos Achados de Xenarthra em um Depósito de Tanque do Pleistoceno da Paraíba, Nordeste do Brasil

Luana Cardoso de Andrade, Édison Vicente Oliveira, Bartolomeu Israel de Souza

Resumo


Este trabalho reporta novos achados de Xenarthra em um depósito de tanque do Pleistoceno do estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. É registrada pela primeira vez a espécie Glyptotherium cf. cylindricum, além de novos achados de Panochthus sp. e Eremotherium laurillardi. Esses registros ampliam a distribuição de algumas espécies de Xenarthra para a Região Intertropical Brasileira e, a presença de Glyptotherium cf. cylindricum, sugere importantes relações biogeográficas entre as faunas de mamíferos do norte da América do Sul, da América Central e do sul da América do Norte durante o Pleistoceno final.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.