ANÁLISE DO RISCO DE INUNDAÇÃO A PARTIR DO MAPEAMENTO GEOLÓGICO-GEOTÉCNICO EM UM TRECHO DO RIO CAPIVARI, SILVA JARDIM-RJ

Bruno Rodrigues Oliveira, Gabriela Branquinho Antônio

Resumo


O objetivo deste trabalho é desenvolver um mapa geológico-geotécnico preliminar de um trecho do rio Capivari no município de Silva Jardim – RJ para orientar estudos posteriores, auxiliar no planejamento do uso e ocupação do solo e prevenção de problemas de natureza geológico-geotécnica. A ocupação urbana não planejada é um dos principais fatores que contribui para o agravamento de desastres, como por exemplo, área ribeirinha do Rio Capivari ocupada inadequadamente que foi afetada pela enchente de 2016. O presente trabalho foi realizado em três etapas: a fase do inventário com a compilação de dados pré-existentes; a fase da análise com a elaboração de mapas temáticos e visitas de campo; e a fase da síntese com a compartimentação das unidades geológico-geotécnicas, das áreas de risco e representação cartográfica final. Ao final foi elaborado um mapa geológico-geotécnico e o mapa de risco de inundação como subsídio ao planejamento territorial da área de estudo.

Referências


BRASIL. Ministerio das Cidades / Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT. (2007). Ministério das Cidades. Mapeamento de áreas de risco em encostas e margem de rios. Celso Santos Carvalho, Eduardo Soares de Macedo e Agostinho Tadashi Ogura, organizadores – Brasília: Ministério das cidades; Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT. 176p.

CPRM- Serviço Geológico do Brasil - Companhia de Pesquisas em Recursos Minerais. Geobank.(2016) Disponível em: http://geobank.cprm.gov.br/.

DINIZ, N.C. (2012). Cartografia geotécnica por classificação de unidades de terreno e avaliação de suscetibilidade e aptidão. Revista Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental (RBGEA) – 2 (1/2): 29-77.

DINIZ, N.C. et al. (2012). Cap3 – Cartografia Geotécnica. [online] Disponível na Internet via WWW. URL: Disponível em https://gestaorisco.files.wordpress.com/2012/11/capitulo-3-cartografia-geotecnica.pdf. Acesso em 29 de abril de 2016.

DRM – Departamento de Recurso Minerais. (1974). Projeto carta geológica do estado do Rio de Janeiro. Folha Silva Jardim. SF-23-Z-B-VI-1. Escala 1:50.000.

LUMBRERA et al. (2001). Levantamento pedológico, vulnerabilidade e potencialidade ao uso das terras – Quadrículas de Silva Jardim e Rio das Ostras, Estado do Rio de Janeiro / José Francisco Lumbreras ... [et al.]. Rio de Janeiro: Embrapa Solos. CD - ROM. - (Embrapa Solos. Boletim de Pesquisa; n. 23).

FRANCO, G.B.; MARQUES, E.A.G.; CALIJURI, M.L.; GOMES, R.L. (2010). Cartografia geotécnica: estágio atual do conhecimento. Caminhos de Geografia (UFU), 11: 158-172.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (1974). Silva Jardim. Folha SF-23-Z-B-VI-1. Carta Topográfica. Escala 1:50.000.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). Modelo Digital de Elevação 1:25.000 do Projeto RJ-25. Disponível em: ftp://geoftp.ibge.gov.br/modelo_digital_de_elevacao/. Acesso em 29 de abril de 2016.

PLACON. (2014). Plano de contingência de proteção e Defesa Civil. Silva Jardim – RJ. 46p.

PLACON. (2015). Plano de contingência de proteção e Defesa Civil. Silva Jardim – RJ. 76p.

OLIVEIRA, L.M. (2010). Acidentes Geológicos Urbanos. MINEROPAR - Serviço Geológico do Paraná, Curitiba, 78 p.

SANTOS, M.C.S.R. (1990). Manual de fundamentos cartográficos e diretrizes gerais para elaboração de mapas geológicos, geomorfológicos e geotécnicos. Instituto de Pesquisas Tecnológicas, São Paulo, 101p.

TUCCI, C.E.M. Inundações urbanas. (S.D). Disponível em: http://4ccr.pgr.mpf.mp.br/institucional/grupos-de-trabalho/encerrados/residuos/documentos-diversos/outros_documentos_tecnicos/curso-gestao-do-terrimorio-e-manejo-integrado-das-aguas-urbanas/drenagem1.PDF. Acesso em: Abril de 2016. S.d.

TUCCI, C. E. M. (2009). Hidrologia: Ciência e Aplicação. Editora da UFRGS/ABRH: Porto Alegre/RS. 943 p.

ZUQUETTE, L.V. & NILSON G. (2004). Cartografia Geotécnica. Oficina de Textos, São Paulo, 190 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.