Análise Geoambiental Da Trilha Ubaia Doce - Parque Estadual Dunas Do Natal "Jornalista Luiz Maria Alves"

Sabrina Ramayani Dias de Oliveira, Monalisa Severiano da Silva, Werner Farkatt Tabosa, Bruno de Albuquerque França, Mary Sorage Praxedes da Silva

Resumo


Este trabalho foi realizado na trilha Ubaia Doce, localizada no Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” (Natal/RN), com o objetivo de analisar os diferentes aspectos da biodiversidade e da geodiversidade locais, bem como o grau de dificuldade que a referida trilha apresenta. Com base nos dados de campo, foi possível determinar que a trilha possui 4.800 metros de comprimento (ida e volta). Geologicamente, a área encontra-se inserida em um domínio predominantemente sedimentar, constituído por dunas arenosas, de composição quartzosa e coloração variegada. Foram identificadas 22 espécies da flora, entre 22 gêneros e 17 famílias. Em relação à fauna, o grupo das aves teve maior destaque com 19 espécies, seguido por reptilia com 8, arachnida com 7, insecta com 6, mammalia com 5 e diplopoda com 1 espécie. Esses resultados mostram que a trilha possui uma grande variedade de espécies tanto da fauna quanto da flora, podendo ainda ser encontradas muito mais espécies. De acordo com o padrão morfológico da trilha e o teste de esforço, verificou-se que esta deve ser realizada preferencialmente por pessoas que não tenham nenhum tipo de patologia. De forma geral, a trilha Ubaia Doce apresenta uma diversidade ambiental exuberante, constituída por fauna e flora peculiares, atrelada a uma paisagem de rara beleza.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.