Análise Geoambiental Da Trilha Ubaia Doce - Parque Estadual Dunas Do Natal "Jornalista Luiz Maria Alves"

  • Sabrina Ramayani Dias de Oliveira
  • Monalisa Severiano da Silva
  • Werner Farkatt Tabosa
  • Bruno de Albuquerque França
  • Mary Sorage Praxedes da Silva

Resumo

Este trabalho foi realizado na trilha Ubaia Doce, localizada no Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” (Natal/RN), com o objetivo de analisar os diferentes aspectos da biodiversidade e da geodiversidade locais, bem como o grau de dificuldade que a referida trilha apresenta. Com base nos dados de campo, foi possível determinar que a trilha possui 4.800 metros de comprimento (ida e volta). Geologicamente, a área encontra-se inserida em um domínio predominantemente sedimentar, constituído por dunas arenosas, de composição quartzosa e coloração variegada. Foram identificadas 22 espécies da flora, entre 22 gêneros e 17 famílias. Em relação à fauna, o grupo das aves teve maior destaque com 19 espécies, seguido por reptilia com 8, arachnida com 7, insecta com 6, mammalia com 5 e diplopoda com 1 espécie. Esses resultados mostram que a trilha possui uma grande variedade de espécies tanto da fauna quanto da flora, podendo ainda ser encontradas muito mais espécies. De acordo com o padrão morfológico da trilha e o teste de esforço, verificou-se que esta deve ser realizada preferencialmente por pessoas que não tenham nenhum tipo de patologia. De forma geral, a trilha Ubaia Doce apresenta uma diversidade ambiental exuberante, constituída por fauna e flora peculiares, atrelada a uma paisagem de rara beleza.

Seção
Artigos