Caracterização Petrográfica e Geoquímica dos Corpos Gabróico-Graníticos Capela e Dores, Domínio Macururé, Cinturão Sergipano

  • Lauro Roberto de Jesus Rosa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luciana Oliveira Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Adriane Machado Universidade Federal de Sergipe
  • Cristine Lenz Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Geoquímica, Petrografia, Corpos Gabróicos-Graníticos Capela e Dores, Cinturão Sergipano.

Resumo

Este estudo consiste nas primeiras análises petrográficas e geoquímicas de rochas localizadas nos corpos gabróico-graníticos nos municípios de Capela e Nossa Senhora das Dores, Sergipe. Foram utilizadas 10 amostras representativas para análise petrográfica e geoquímica. Basicamente, Elas mostram três associações litológicas, rochas básicas, intermediárias e ácidas. As rochas básicas são gabros com afininidade geoquímica alcalina. Já as rochas intermediárias possuem composição diorítica e afinidade geoquímica cálcico-alcalina com alto-k. E as rochas ácidas são granitos com associação leucocrática, peraluminosa. A assinatura geoquímica indica que as rochas intermediárias são o resultado da mistura entre magmas ácidos e básicos. Estes resultados contribuem  para o entendimento da formação destas rochas e sua relação com o Domínio Macururé na Faixa de Dobramentos Sergipano.

Publicado
2021-02-09
Seção
Artigos