A ESCRITA DA LÍNGUA PORTUGUESA COMO SEGUNDA LÍNGUA POR SURDOS NAS REDES SOCIAIS / Writing the portuguese language as the second language for deaf in social network

  • Manuela Maria Cyrino Viana (UFMA)
  • Veraluce Silva Lima (UFMA)

Resumo

Reflexões sobre a escrita em português como segunda língua desenvolvida por surdos. Nosso objetivo é analisar a produção escrita em Língua Portuguesa como segunda língua de surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais, nas redes sociais. Para tanto realizaremos levantamento e leitura reflexiva das fontes bibliográficas relacionadas com nosso objeto de estudo; captura de textos escritos em português por surdos nas redes sociais de um grupo de WhatsApp; análise dos dados coletados e construção dos resultados. Para a captura dos textos, realizamos a criação de um grupo na rede social WhatsApp composto por surdos usuários de língua de sinais como primeira língua. Esse grupo de surdos semanalmente participa de conversas sobre os mais variados assuntos. Os textos capturados comporão o corpus da pesquisa. Para fundamentar a pesquisa, recorremos, aos seguintes teóricos: Quadros (2004); Costa (2005); Zeni (2010); Leal (2011); Machado e Feltes (2010) e Rescuero (2011) dentre outros. Os resultados podem contribuir para a construção de novas propostas para a educação dos surdos, fornecendo-nos subsídios para a formação de cidadãos mais conscientes e integrados socialmente.

Palavras-chave: Escrita. Português. Surdo. Redes Sociais.

ABSTRACT

Reflections on the writing in Portuguese as a second language developed by deaf people. Our main aim is analyzing the written productions in Portuguese as a second language by deaf people who are users of Brazilian Sign Language on social network. Therefore, we will perform the reflexive reading of bibliographical sources related to our main aims; the capture of written texts in Portuguese on WhatsApp groups; the analysis of the data collected and the construction of the results. For capturing the texts, we created a group in WhatsApp messenger, composed by deaf people who use the Brazilian sign language as the first language. This group of deaf people weekly participates of conversations about the most varied subjects. The texts captured will compose the corpus of the research. For substantiating the research, we will consider: Quadros (2004); Costa (2005); Zeni (2010); Leal (2011); Machado and Feltes (2010) e Rescuero (2011), among others. The results can contribute on the construction of new propositions in deaf people education, providing aids for the formation of citizens more conscious and socially integrated.

Keywords: Writing. Portuguese. Deaf people. Social network

Como Citar
VIANA (UFMA), M. M. C.; LIMA (UFMA), V. S. A ESCRITA DA LÍNGUA PORTUGUESA COMO SEGUNDA LÍNGUA POR SURDOS NAS REDES SOCIAIS / Writing the portuguese language as the second language for deaf in social network. Revista de Letras, v. 1, n. 35, 11.