PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA: A CONTRIBUIÇÃO DO SISTEMA EDUCACIONAL HOLANDÊS PARA A POLÍTICA PÚBLICA DE ENSINO BRASILEIRA

Vanessa de Lima Marques Santiago, Raquel Coelho de Freitas, Paloma Costa Andrade

Resumo


A análise da educação como direito social inscrito no ordenamento jurídico brasileiro exige uma reflexão sistemática, considerando-a com um direito em si mesmo e como meio indispensável de acesso aos outros direitos. Este estudo objetiva, pois, uma análise comparada do direito à educação no sistema constitucional brasileiro e holandês, justificando-se a partir das semelhanças entre o Programa Dinheiro Direito na Escola e as medidas adotadas pela Holanda com vistas a melhorar a gestão das verbas escolares. Em que pese as práticas de gestão do sistema educativo holandês advirem do caráter descentralizador e do liberalismo característico do país europeu, a presente investigação pretende evidenciar as possíveis influências deste sistema na política pública em questão, bem como levantar hipóteses de adoção de medidas aplicadas no país europeu e inovadoras no âmbito da gestão educacional no Brasil. Para tanto, o estudo lançará mão da investigação indireta, com pesquisa qualitativa, por meio do método dedutivo e utilizando como fontes referências bibliográficas, documentos históricos, teses, dados fornecidos por órgãos oficiais e a legislação pertinente. Espera-se identificar estreita relação entre o Programa Dinheiro Direito na Escola e os aspectos estruturais e sócio-políticos da gestão do sistema de ensino da Holanda.

Palavras-chave


Programa Dinheiro Direto na Escola. Sistema educacional holandês. Gestão Educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


AGLIARDI, Delcio Antonio; WELTER, Cristiane Backes; PIEROSAN, Maristela Rates. O novo plano nacional decenal de educação e as políticas educacionais de estado: velhas metas novos desafios. In: Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, 2012. Disponível em: . Acesso em: 16 out. 2016.

ALEMANHA. Lei Fundamental da República Federal da Alemanha. 1919. Disponível em: https://www.btg-bestellservice.de/pdf/80208000.pdf. Acesso em: 28 out. 2016.

ASSEMBLEIA GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Paris, 1948. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2016.

BARROSO, Luís Roberto. O direito constitucional e a efetividade de suas normas. 8. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

BONAVIDES, Paulo. Curso de Direito Constitucional. 28ª Ed., São Paulo: Malheiros Editores, 2013.

BRASIL. Constituição (1824). Constituição Política do Império do Brazil de 1824. Rio de Janeiro, RJ, 1824. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2016.

_______. Constituição (1891). Constituição da república dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro, RJ, 24 de fevereiro de 1891. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao91.htm. Acesso em: 30 nov. 2016.

_______. Constituição (1934). Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro, RJ, 16 de julho de 1934. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao34.htm. Acesso em: 30 nov. 2016.

_______. Constituição (1937). Constituição dos Estados Unidos do Brasil. Rio de janeiro, RJ, 10 de novembro de 1937. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao37.htm. Acesso em 02 fev. 2017.

_______. Constituição (1946). Constituição dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro, RJ, 18 de setembro de 1946. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao46.htm. Acesso em: 30 nov. 2016.

______. Constituição (1967). Constituição da República Federativa do Brasil de 1967. Brasília, DF, 1967. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao67.htm. Acesso em: 30 nov. 2016.

______. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF, 1988. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2016.

______. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014: aprova o Plano Nacional de Educação- PNE e dá outras providências. Brasília, DF, 2014. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2016.

______. Lei nº 9. 394, de 20 de dezembro de 1996: estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: . Acesso em: 02 fev. 2017.

CESAR, Raquel Coelho Lenz. Gestão financeira da Educação no Brasil: momento para autonomia e descentralização. In: ABMP – TODOS PELA EDUCAÇÃO. Justiça Pela Qualidade na Educação. 1ed. São Paulo: Saraiva, 2013. p. 482-496.

DE OLHO nos planos. História dos planos. São Paulo, 2015. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2016.

DIMOULIS, Dimitri; MARTINS, Leonardo. Teoria geral dos direitos fundamentais. 2ª edição. ed. rev. e ampl. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011.

DUARTE, Clarice Seixas. A educação como um direito fundamental de natureza social. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100 - especial, p. 691-713, out. 2007. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2016.

FRANÇA. Constituição Francesa de 1791. Disponível em: http://www.fafich.ufmg.br/~luarnaut/const91.pdf. Acesso em: 28 out. 2016.

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO. Apresentação. Brasília, DF, 2012a. Disponível em: . Acesso em: 24 set. 2016.

FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO. Dados Estatísticos. PDDE. Brasília, DF, 2012b. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/programas/dinheiro-direto-escola/dinheiro-direto-escola-dados-estatisticos. Acesso em: 20 jan. 2017.

HOOKER, Mark. Freedom of Education: The Dutch Political Battle for State Funding of all Schools both Public and Private (1801-1920). CreateSpace Independent Publishing Platfmor Holland, 2009.

KINGSTON, Paul.; HOLIAN, Laura. Inequality. In: Alberto Martinelli (ed.), Transatlantic Divide. Comparing American and European Society, Oxford, Oxford University Press, 2007.

PIOVESAN, Flávia. Direitos Humanos e o Direito Constitucional Internacional. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

POMPEU, Gina Vidal Marcílio. Direito à educação: controle social e exigibilidade judicial. Rio de Janeiro: ABC, 2005.

REPÚBLICA SOVIÉTICA. Constituição (1936). Constitution of the URSS. 1936. Tradução livre. Disponível em: http://large.stanford.edu/history/kaist/references/marx/beard/c10/. Acesso em: 28 nov. 2016.

SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais. 8. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.

SILVA, José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo. 27. ed. São Paulo: Malheiros Editores, 2006.

UNESCO. Convenção que constitui a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. Londres, 1945. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/UNESCO-Organiza%C3%A7%C3%A3o-das-Na%C3%A7%C3%B5es-Unidas-para-a-Educa%C3%A7%C3%A3o-Ci%C3%AAncia-e-Cultura/convencao-que-constitui-a-organizacao-das-nacoes-unidas-para-a-educacao-ciencia-e-cultura.html. Acesso em: 28 jan. 2017.

VERONESE, Josiane Rose Petry; VIEIRA, Cleverton Elias. A educação básica na legislação brasileira. Revista Sequência, Florianópolis, n. 47, p. 99-125, dez. de 2003. Disponível em: . Acesso em: 28 jan. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Vanessa de Lima Marques Santiago, Raquel Coelho de Freitas, Paloma Costa Andrade

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN 1807-3840

Rua Meton de Alencar, s/n - Centro
Fortaleza, Ceará, CEP 60.035-160
Telefone: +55 (85) 3366 7850

Bases de dados

Resultado de imagem para library of congress logo
http://www.cnen.gov.br/images/logo_livre2.png   Find in a library with WorldCat