Slams de poesia, comunicação popular & plataformas digitais

O caso do coletivo Grito Filmes no Facebook
 e no YouTube

  • Simone do Vale Universidade Federal Fluminense / Faculdades Integradas Hélio Alonso

Resumo

Este trabalho procura compreender as relações de poder envolvidas na mediação de conteúdo distribuído por grupos sociais marginalizados nas plataformas digitais comerciais. Para atingir este objetivo, a análise enfoca a produção audiovisual do coletivo Grito Filmes compartilhada por meio do Facebook e do YouTube. Essa produção corresponde a filmagens das performances de jovens poetas negros nas batalhas de poesia falada realizadas na periferia do Rio de Janeiro. A metodologia envolveu a utilização dos programas Netvizz e YouTube Data Tools para a visualização das redes integradas pelos vídeos do Grito Filmes no Facebook e no YouTube, respectivamente. Na conclusão, o trabalho defende a necessidade de desenvolvimento de plataformas de mídias sociais que correspondam aos ideais democráticos da comunicação pública.

Biografia do Autor

Simone do Vale, Universidade Federal Fluminense / Faculdades Integradas Hélio Alonso

Bolsista PNPD/CAPES do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano da Universidade Federal Fluminense. Integrante do grupo de pesquisa EMERGE/UFF. Professora do Curso de Cinema e Audiovisual da FACHA. Doutora em Comunicação e Cultura (ECO/UFRJ).

Publicado
2019-09-26
Seção
Dossiê Emerge