Retratos da dor

a jornada anti-heróica em quatro filmes de ídolos do rock - uma homenagem a Henrique Codato

  • Mona Gadelha Instituto Dragão do Mar

Resumo

Os(as) artistas abordados(as) neste trabalho têm em comum o talento de gênio e o destino trágico traçado em uma trajetória de transgressão. A história de cada um(a) é contada no cinema sob diferentes abordagens, que se utilizam do documentário, da cinebiografia e do filme de livre inspiração. Discorremos sobre essas formas de compor a obra cinematográfica tendo como suporte as teorias de Jean-Louis Comolli, assim como também estudos de Freud, entre outros, no que concerne ao sofrimento psicológico de cada um (uma): Amy Winehouse, Janis Joplin, Ian Curtis e Kurt Cobain.

Biografia do Autor

Mona Gadelha, Instituto Dragão do Mar

Graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (1984). Mestra em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação da UFC, PPGCOM (2018) e coordenadora do Laboratório de Música da Escola Porto Iracema das Artes do Instituto Dragão do Mar (a partir de 2014).

Publicado
2020-07-04
Como Citar
Gadelha, S. M. A. (2020). Retratos da dor. Passagens, 11(1), 10-21. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/passagens/article/view/59999
Seção
In Memoriam