A perspectiva freudiana sobre o fenômeno religioso

  • Caroline Gonzaga Torres Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Psicanálise, Religião, Complexo de Édipo, desamparo infantil.

Resumo

Define-se o totemismo, sistema antecessor ao sistema religioso. Remonta ao mito do pai primevo e ao Complexo de Édipo, para tentar compreender as idéias religiosas. Aponta os fundamentos teóricos lançados por Freud que tratam do sujeito nas relações sociais, onde se encontram as práticas religiosas, a fim de acompanhar de que maneira a religião apresenta uma tentativa de responder ao sujeito sobre sua origem. Conclui indicando que, para Freud, a religião seria uma reedição do sentimento de desamparo infantil e seria explicitada pela necessidade inconsciente de proteção e balizamento das ações e procedimentos pessoais contra o destino que é desconhecido.

Biografia do Autor

Caroline Gonzaga Torres, Universidade Federal do Ceará
Psicóloga, Mestranda em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará, Membro em formação básica do Corpo Freudiano.
Publicado
2012-01-01
Como Citar
Torres, C. G. (2012). A perspectiva freudiana sobre o fenômeno religioso. Revista De Psicologia, 3(1), 136-140. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/111
Seção
Artigos