Cinema, subjetividade e sociedade: a sétima arte na produção de saberes. Uma experiência de extensão na Universidade Federal de São Paulo

Eduardo de Carvalho Martins, Jaquelina Maria Imbrizi, Maurício Lourenção Garcia

Resumo


O projeto de extensão “Cinema, Subjetividade e Sociedade: a sétima arte na produção de saberes”, no campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo, utiliza a linguagem cinematográfica na investigação de fenômenos ligados à constituição das diferentes configurações subjetivas presentes na contemporaneidade. As atividades se desenvolvem em parcerias com diversos projetos da universidade e iniciativas existentes na cidade. As ações abordam temas relevantes, entendendo o cinema como importante dispositivo que pode propiciar o questionamento de concepções que o sujeito tenha de si e de seu meio sociocultural e político. São diversas as técnicas utilizadas: construção participativa de estratégias de ensino, pesquisa e extensão, de natureza qualitativa; pesquisa filmográfica; exibição de filmes e a realização de debates com convidados; produção de material audiovisual. Este artigo pretende abordar como as atividades propostas têm conseguido atingir seus objetivos e os resultados evidenciam preocupação com temáticas sociais, tais como educação pública, direitos humanos e movimentos sociais, em uma vertente transdisciplinar e em parcerias com iniciativas comunitárias. As conclusões apontam para a possibilidade de novos modos de produção epistêmica em articulação com a linguagem audiovisual, atestando a potência do cinema na produção de saberes e sua capacidade de mobilização em torno de múltiplas temáticas.


Palavras-chave


Cinema; subjetividade; sociedade; cultura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

      

        

CNENlogo_livre2.png      ResearchBib      

    

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.