A noção de sofrimento: possível contribuição da lente fenomenológica dos múltiplos contornos

Anna Karynne da Silva Melo, Juliana Ribeiro Paiva, Virginia Moreira

Resumo


O presente artigo discute a noção de sofrimento utilizando a lente de múltiplos contornos da fenomenologia da ambiguidade de Merleau-Ponty. Partimos da noção de sofrimento em sua evolução histórica desde a Grécia Antiga até a contemporaneidade, realizando uma revisão de literatura, e discussão, a partir de artigos publicados nos últimos dez anos em bases de dados como Scielo e Ebsco, assim como os livros sobre o tema. A noção de sofrimento é uma construção histórica que foi influenciada por diversas mudanças econômicas, sociais e culturais e, atualmente, é entendida como algo a ser evitado de maneira rápida e fácil, e como sinal de fraqueza e fracasso. Consideramos que problematizar a construção da noção de sofrimento e sua compreensão sob a lente dos múltiplos contornos fundamentada no pensamento de Merleau-Ponty nos mostra a possibilidade de compreendê-la sob várias perspectivas,  contribuindo para a compreensão das demandas que se apresentam na clínica contemporânea.


Palavras-chave


Sofrimento; fenomenologia; Merleau-Ponty; contemporaneidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

      

        

CNENlogo_livre2.png      ResearchBib      

    

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.