Análise de diagnósticos associados às licenças médicas de servidores públicos do Ceará

  • Silvia Fernandes do Vale UNIFOR / DOUTORANDA
  • Regina Heloisa Maciel UNIFOR / PROFESSORA
  • Ana Paula Torres do Nascimento UNIFOR
  • José Wilson Oliveira Vasconcelos Faculdade Integrada do Brasil, Professor da Faculdade Vale do Jaguaribe, Professor da Faculdade Ateneu e Coordenador do CST Gestão em Recursos Humanos da Faculdade Ateneu.
  • Fernando Hugo Portela Pimentel UNIFOR / DOUTORANDO
Palavras-chave: Diagnóstico médico, Doenças ocupacionais, Distúrbio mental, Distúrbio osteomusculares relacionados ao trabalho – DORT, Servidor público estadual.

Resumo

O absenteísmo é um fenômeno complexo que envolve vários fatores relacionados aos ambientes de trabalho. Neste trabalho analisaram-se os diagnósticos relacionados aos afastamentos com licenças dos servidores públicos do Ceará e suas associações com variáveis sociodemográficas e laborais. As informações foram cedidas pela Coordenadoria de Perícia Médica do Estado. 26.707 Licenças Médicas e os 38.054 diagnósticos associados aos afastamentos de mais de quatro dias foram analisados, verificando-se as frequências e associações pelo teste de Qui-quadrado. Três grupos da CID-10 (F, 22,5%; M, 21,1%; e Z, 12,5%) apresentaram as maiores frequências. Gênero, idade e órgão de lotação apresentaram diferenças significativas: os diagnósticos se associaram às mulheres, à Secretaria de Educação e Polícia Militar e na faixa etária mais elevada. Distúrbios mentais afastaram os professores e policiais, predominantemente. Os resultados mostram a necessidade de ações de intervenção e mudanças efetivas nas políticas de saúde e promoção da saúde para os funcionários públicos.

Biografia do Autor

Silvia Fernandes do Vale, UNIFOR / DOUTORANDA

Doutoranda em Psicologia pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR.

Regina Heloisa Maciel, UNIFOR / PROFESSORA

Doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1991) – USP. Universidade de Fortaleza – UNIFOR.

Ana Paula Torres do Nascimento, UNIFOR
Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR.
José Wilson Oliveira Vasconcelos, Faculdade Integrada do Brasil, Professor da Faculdade Vale do Jaguaribe, Professor da Faculdade Ateneu e Coordenador do CST Gestão em Recursos Humanos da Faculdade Ateneu.

Mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. Atualmente é Professor da Faculdade Integrada do Brasil, Professor da Faculdade Vale do Jaguaribe, Professor da Faculdade Ateneu e Coordenador do CST Gestão em Recursos Humanos da Faculdade Ateneu. Atuando principalmente nos seguintes temas: Condições de Trabalho, condiç ões de vida, trabalho docente.

Fernando Hugo Portela Pimentel, UNIFOR / DOUTORANDO

Doutorando em Psicologia pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR.

Publicado
2015-07-21
Como Citar
do Vale, S. F., Maciel, R. H., do Nascimento, A. P. T., Vasconcelos, J. W. O., & Pimentel, F. H. P. (2015). Análise de diagnósticos associados às licenças médicas de servidores públicos do Ceará. Revista De Psicologia, 6(1), 68-81. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/1694
Seção
Artigos