Pesquisando com professores: a centralidade do diário de campo e da restituição em uma pesquisa-intervenção

  • Diana Montenegro Ribeiro Universidade Federal do Ceará
  • Luciana Lobo Miranda Universidade Federal do Ceará
  • Gabrielle Lima Feitosa Universidade Federal do Ceará
  • Nirvana Frances Soares Cardoso Universidade Federal do Ceará
  • Priscila Sanches Nery Oliveira Universidade Federal do Ceará
  • Taciana Cordeiro Dantas de Oliveira Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Escola, Mídia, Pesquisa-intervenção, Diário de campo, Restituição

Resumo

A pesquisa “Pesquisando com Professores: a relação mídia e cotidiano escolar” analisou com 25 professores de uma escola pública estadual de Fortaleza a relação entre mídia e cotidiano escolar. Como dispositivo de pesquisa foi criado o curso de extensão “Diálogos Escolares: Mídia e Cotidiano Escolar”. Com base em Michel Foucault (1987) acerca do poder disciplinar presente na educação escolar e em Gilles Deleuze (1990) sobre as novas formas de controle em que participam a mídia, a pesquisa discute, em última instância, a função social da escola na contemporaneidade, problematizando a mídia como vetor de subjetivação no cotidiano escolar e no fazer pedagógico. No presente artigo colocamos em análise a metodologia da pesquisa, dando ênfase à centralidade do “diário de campo” e da “restituição”. Trabalharemos também o conceito de pesquisa-intervenção e sua implicação prática como estratégia da pesquisa com a escola. Discutiremos o uso do diário de campo como uma ferramenta facilitadora de vínculo e de construção de dados necessário para ressignificação da mesma. Destacaremos a restituição como o momento necessário para criarmos um campo de análise coletiva. Por fim, apresentaremos a importância dessas ferramentas para todo o processo de construção da nossa pesquisa.

Biografia do Autor

Diana Montenegro Ribeiro, Universidade Federal do Ceará
Mestranda em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).Membro do Laboratório em Psicologia, Subjetividade e Sociedade (LAPSUS). Membro do Programa de Extensão TVEZ: Educação para o uso Crítico da Mídia.
Luciana Lobo Miranda, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Psicologia pela PUC-RJ. Professora do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Laboratório em Psicologia, Subjetividade e Sociedade (LAPSUS). Coordenadora do Programa de Extensão TVEZ: Educação para o uso Crítico da Mídia. Pesquisadora CNPq (nível 2).
Gabrielle Lima Feitosa, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Laboratório em Psicologia, Subjetividade e Sociedade (LAPSUS). Membro do Programa de Extensão TVEZ: Educação para o uso Crítico da Mídia. Bolsista PIBIC-CNPq.
Nirvana Frances Soares Cardoso, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC).
Priscila Sanches Nery Oliveira, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Laboratório em Psicologia, Subjetividade e Sociedade (LAPSUS). Bolsista PIBIC-CNPq.
Taciana Cordeiro Dantas de Oliveira, Universidade Federal do Ceará
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Membro do Laboratório em Psicologia, Subjetividade e Sociedade (LAPSUS). Bolsista do Programa de Extensão TVEZ: Educação para o uso Crítico da Mídia da UFC.
Publicado
2016-07-30
Como Citar
Ribeiro, D. M., Miranda, L. L., Feitosa, G. L., Cardoso, N. F. S., Oliveira, P. S. N., & de Oliveira, T. C. D. (2016). Pesquisando com professores: a centralidade do diário de campo e da restituição em uma pesquisa-intervenção. Revista De Psicologia, 7(1), 81-93. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/3675
Seção
Artigos