Rumo a uma psicologia do empreendedorismo - uma perspectiva da teoria da ação

  • Michael Frese Universidade Nacional de Cingapura e Universidade de Lüneburg
Palavras-chave: Empreendedorismo, teoria da ação, psicologia.

Resumo

Esta contribuição discute a teoria do empreendedorismo, sua base empírica e suas implicações. Primeiro, argumenta que a abordagem psicológica é necessária para a compreensão do empreendedorismo. Segundo, argumenta que qualquer teoria do empreendedorismo deveria se utilizar de ações ativas como um ponto de partida – empreendedorismo é o epítome de um agente ativo no mercado (e não um agente reativo). Terceiro, discute uma teoria de regulação da ação para uma melhor compreensão da psicologia do empreendedorismo. Quarto, traz exemplos de como essa teoria pode ajudar a entender o sucesso empresarial. Finalmente, sugiro programas de intervenção para ajudar empresários a conseguirem ser bem sucedidos, fazendo crescer suas organizações.
Publicado
2010-07-01
Como Citar
Frese, M. (2010). Rumo a uma psicologia do empreendedorismo - uma perspectiva da teoria da ação. Revista De Psicologia, 1(2), 40-76. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/58
Seção
Artigos