La Guerre dans la vie quotidienne / The War in everyday life

Resumo

A conferência apresenta duas partes. Na primeira, tematiza a estrutura do conflito psíquico a partir das categorias lacanianas real, simbólico e imaginário. Na segunda, aborda a presença da guerra na vida cotidiana através da manifestação esportiva do futebol visto como a sublimação das pulsões destrutivas.

Palavras-chave: psicanálise, conflito, guerra, sublimação, futebol.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Coutinho Jorge, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professor do Programa da Pós-Graduação em Psicanálise do instituto de Psicologia da UERJ. Diretor do Corpo Freudiano Escola de Psicanálise - Seção Rio de Janeiro.

Referências

Blevis, J-J. (2008). “Violence et mensonge”. Unesco et Revue Insistance, Journée Mondiale de la Philosophie. Disponível em: www.insistance.org/news/76/73/Violence-et-mensonge/d,detail_mediatheque.html. Acesso em: 12 jan 2013.

Caillois, R. (1990). Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Lisboa: Cotovia.

Freud, S. (1976). Obras Completas. Buenos Aires: Amorrortu.

Freud, S. (1910). “Cinco conferencias sobre psicoanálisis”, v. XI, p. 1-52.

Freud, S. (1915). “De guerra y muerte. Temas de actualidad”, v. XIV, p. 273-304.

Freud, S. (1930). “El malestar en la cultura”, v. XXI, p. 57-140.

Freud, S. (1933[1932]). “¿Por qué la guerra? (Einstein y Freud)”, v. XXII, p. 181-198.

Freud, S. e Viereck, G.S. (2004). Entrevista “O valor da vida”, in Papéis. Rio de Janeiro: Corpo Freudiano do Rio de Janeiro, nº10, ano X, agosto 2004.

Fuks, B. (2000). Freud e a judeidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1953/1998). “Função e campo da palavra e da linguagem na psicanálise”, in Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1953-1954/1986). O seminário, livro 1: os escritos técnicos de Freud. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1955-1956/1988). O seminário, livro 3: as psicoses. Rio de Janeiro, Jorge Zahar.

Lacan, J. (1957/1998). “A instância da letra no inconsciente ou a razão desde Freud”, in Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1957-1958/1999). O seminário, livro 5: as formações do inconsciente. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1964/1979). O seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1974-1975). R.S.I. Seminário inédito.

Lacan, J. (1975). “Conférences et entretiens dans des universités nord-américaines”. In: Scilicet, n.6/7. Paris: Seuil.

Lacan, J. (1975/1985). O seminário, livro 20: mais, ainda. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lacan, J. (1975-1976/2005). Le séminaire, livre XXIII: le sinthome. Paris: Seuil.

Lacan, J. (1976). “Da estrutura como intromistura de um pré-requisito de alteridade e um sujeito qualquer”, in Macksey, R., & Donato, E. (orgs.). A controvérsia estruturalista – as linguagens da crítica e as ciências do homem. São Paulo: Cultrix.

Melman, C. (1994). Novos estudos sobre o inconsciente. Porto Alegre: Artes Médicas.

Retondar, J. J. M. (2007). Teoria do jogo. Petrópolis: Vozes.

Safouan, M. (1993). A palavra ou a morte – como é possível uma sociedade humana? Campinas: Papirus.

Sami-ali. (1982). “Langue arabe et langage mystique – les mots aux sens opposés et le concept d’inconscient”. Nouvelle Revue de Psychanalyse, 23. Paris: Gallimard.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Jorge, M. A. C. (2020). La Guerre dans la vie quotidienne / The War in everyday life. Revista De Psicologia, 12(1), 13 - 22. https://doi.org/10.36517/revpsiufc.12.1.2021.1