Liderança e organizações

  • José Henrique de Faria
  • Francis Kanashiro Meneghetti
Palavras-chave: Liderança, Autoridade, Poder, Ética, Grupos, Democracia

Resumo

A liderança pode ser considerada um papel social que deve ser desempenhado tendo como suporte alguns princípios básicos. A liderança que procura seguir estes princípios desencadeia o potencial humano individual de integrante de um coletivo. Do líder dependem muitas pessoas, que depositam nele suas esperanças para melhorar suas condições de trabalho e realizar seus objetivos individuais. O líder tem como atributo a tarefa de proteção dos seus subordinados quanto às más condições de trabalho, às arbitrariedades na atribuição de tarefas e aos riscos ligados aos trabalhos, independentemente se estas situações causem impactos negativos na eficiência do trabalho. Assim, a qualidade de trabalho e, em parte, a qualidade de vida, são atribuições do líder. Neste sentido é que a liderança deve ser concebida como condição, atributo ou capacidade de um sujeito individual ou coletivo de mobilização de outros sujeitos ou indivíduos devido à sua ação diante de situações de sofrimento, indecisão ou preenchimento de desejos e necessidades por parte dos liderados.

Biografia do Autor

José Henrique de Faria
Professor Titular da UFPR, Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado). Professor Titular do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Organizações e Desenvolvimento da FAE.
Francis Kanashiro Meneghetti
Professor Titular do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Positivo.
Publicado
2011-07-01
Como Citar
Henrique de Faria, J., & Meneghetti, F. K. (2011). Liderança e organizações. Revista De Psicologia, 2(2), 93-119. Recuperado de http://periodicos.ufc.br/psicologiaufc/article/view/92
Seção
Artigos