Olhares sobre o ensino de enfermagem em Portugal

Olga Maria Pimenta Lopes Ribeiro, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins, António Luís Rodrigues Faria de Carvalho, Luísa Maria Marques Marinho Santos, Maria de Fátima Rocha Viana

Resumo


Objetivo: compreender a percepção dos enfermeiros da assistência hospitalar sobre o ensino de enfermagem. Métodos: estudo qualitativo, realizado em 19 instituições hospitalares, com 56 enfermeiros. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada e, na análise, o software Atlas.ti®. Resultados: emergiram como unidades de análise: aspectos positivos e negativos do ensino de enfermagem em contexto teórico; e aspectos positivos e negativos do ensino de enfermagem em contexto prático. A percepção dos enfermeiros sobre o ensino de enfermagem está relacionada, essencialmente, à existência de processos formativos muito diversificados. Conclusão: apesar da evolução da enfermagem enquanto disciplina e profissão, os enfermeiros reconhecem que, no âmbito do ensino, muitas das fragilidades estão alicerçadas nas diferenças entre as escolas de enfermagem, sendo evidente a necessidade de maior aproximação da teoria à prática, o que implica, entre outras estratégias, o acompanhamento dos estudantes durante os estágios pelos docentes da Escola.


Palavras-chave


Ensino; Enfermagem; Educação em Enfermagem; Estágio Clínico.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2018193313

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa