Olhares sobre o ensino de enfermagem em Portugal

Palavras-chave: Ensino; Enfermagem; Educação em Enfermagem; Estágio Clínico.

Resumo

Objetivo: compreender a percepção dos enfermeiros da assistência hospitalar sobre o ensino de enfermagem. Métodos: estudo qualitativo, realizado em 19 instituições hospitalares, com 56 enfermeiros. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada e, na análise, o software Atlas.ti®. Resultados: emergiram como unidades de análise: aspectos positivos e negativos do ensino de enfermagem em contexto teórico; e aspectos positivos e negativos do ensino de enfermagem em contexto prático. A percepção dos enfermeiros sobre o ensino de enfermagem está relacionada, essencialmente, à existência de processos formativos muito diversificados. Conclusão: apesar da evolução da enfermagem enquanto disciplina e profissão, os enfermeiros reconhecem que, no âmbito do ensino, muitas das fragilidades estão alicerçadas nas diferenças entre as escolas de enfermagem, sendo evidente a necessidade de maior aproximação da teoria à prática, o que implica, entre outras estratégias, o acompanhamento dos estudantes durante os estágios pelos docentes da Escola.

Referências

Pereira ASM, Cardoso DFB, Rodrigues MA. Marcos históricos do ensino e investigação em enfermagem em Coimbra – Séc. XIX - XXI. Rev Enf Ref. 2013; III(9):191-200. doi: http://dx.doi.org/10.12707/RIII13HM

Melo RCCP, Queirós PJ, Tanaka LH, Costa PJ, Bogalho, CID, Oliveira PISF. Undergraduate nursing students’ difficulties during clinical training: perception of the main causes. Rev Enf Ref. 2017; IV(15):55-62. doi: http://dx.doi.org/10.12707/RIV17059

Ordem dos Enfermeiros (PT). Conselho de Enfermagem e Conselho Jurisdicional. Parecer Conjunto n.º 01/2016 de 07 de outubro de 2016 [Internet]. 2016 [citado 2017 dez. 20]. Disponível em:http://www.ordemenfermeiros.pt/documentos/Documents/CE-CJ_Parecer01-2016_AcompEstudantes

Cunha CMSLM, Macedo APMC, Vieira IFGFF. Nursing students’ perceptions of training processes in clinical supervision contexts. Rev Enf Ref. 2017; IV(12):65-74. doi: http://dx.doi.org/10.12707/RIV16072

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2015.

Abreu WC, Interpeler SS. Effective mentorship to improve clinical decision making and a positive identify: a comparative study in Turkey and Portugal. Int J Inf Educ Technol. 2015; 5(1):42-6. doi: http://dx.doi.org/10.7763/IJIET.2015.V5.473

Teixeira SMM, Carvalho ALRF, Cruz SSSMS. Self-care assessment as an indicator for clinical supervision in nursing. Rev Rene. 2016; 17(3):356-62.doi:http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2016000300008

Pinto DJE, Santos MR, Pires RM. Relevance of indicators of clinical supervision strategies in nursing. Rev Rene. 2016; 18(1):19-25. doi:http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2017000100004

Lage I, Vilaça S, Araújo O, Almendra M, Novais R, Braga F. O ensino de enfermagem em Portugal: uma revisão sistemática. In: Membiela P, Casado N, Cebreiros MI, organizadores. Nuevos escenarios en la docencia universitaria [Internet]. 2016 [citado 2017 dez. 20]. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/42202/1/50.pdf

Padilha JM, Machado PP, Ribeiro AL, Ramos JL. Clinical virtual simulation in nursing education. Clin Simul Nurs. 2018; 15:13-8. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.ecns.2017.09.005

Martins JCA. Learning and development in simulated practice environments. Rev Enf Ref. 2017; IV(12):155-62. doi: http://dx.doi.org/10.12707/RIV16074

Negri EC, Mazzo A, Martins JCA, Pereira Junior GA, Almeida RGS, Pedersoli CE. Clinical simulation with dramatization: gains perceived by students and health professionals. Rev Latino-Am Enfermagem. 2017; 25:e2916. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1807.2916

Troncoso MP, Gonzalez CGC, Guerreto VTG, Gonzalez CGM, Vasquez PAC, Rojas AVJ. Nursing students’ experiences of change: from a traditional curriculum to a competency-based curriculum. Rev Enf Ref. 2017; IV(14):49-54. doi: http://dx.doi.org/10.12707/RIV17036

McEwen M, Wills EM. Bases teóricas de enfermagem. Porto Alegre: Artmed; 2016.

Lapenã-Moñux YR, Cibanal-Juan L, Orts-Cortés MI, Maciá-Soler ML, Palacios-Ceña D. Nurses’ experiences working with nursing students in a hospital: a phenomenological enquiry. Rev Latino-Am Enfermagem. 2016; 24:e2788. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1242.2788

Macedo AP. Nursing Supervision: studying the “case” of the phenomenon of interorganizational articulation nursing school and hospital. Rev Esc Enferm USP. 2014; 48(Esp2):200-7. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420140000800028

Publicado
2018-03-26
Seção
Artigos de Pesquisa