Risco cardiovascular e estilo de vida em pacientes com doença renal crônica

Érika de Moura Fé, Açucena Leal de Araújo, Tatiana Victória Carneiro Moura, Dinah Alencar Melo Araújo, Valdenia Maria de Sousa, Ana Roberta Vilarouca da Silva

Resumo


Objetivo: correlacionar fatores de risco cardiovascular de pacientes com doença renal com níveis pressóricos elevados. Métodos: estudo transversal realizado com 150 pacientes em hemodiálise. Foram utilizados dois formulários, um referente aos fatores socioeconômicos e outro ao estilo de vida. Resultados: a amostra foi composta predominantemente por pacientes do sexo masculino, idade acima de 52 anos, casados e não exercendo atividade laboral. Dos fatores de risco cardiovascular, os níveis pressóricos foram os mais alterados, onde 78,0% estavam com pressão arterial sistólica acima dos valores ideais. Foi encontrada associação estatisticamente significativa entre pressão arterial e idade (p=0,024) e entre pressão arterial e capacidade de lidar com o estresse (p=0,015). Conclusão: por meio deste estudo, pôde-se verificar que a significância estatística entre as variáveis indica que a pressão arterial sistólica elevada, a idade e a capacidade em lidar com o estresse favorecem os fatores de risco cardiovascular em pacientes com doença renal crônica. 


Palavras-chave


Fatores de Risco; Estilo de Vida; Doenças Cardiovasculares.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20181932550

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa