Teorias de enfermagem na formação e na prática profissional: percepção de pós-graduandos de enfermagem

Palavras-chave: Educação Superior, Educação de Pós-Graduação em Enfermagem, Teoria de Enfermagem, Pesquisa em Educação de Enfermagem.

Resumo

Objetivo: analisar a percepção de pós-graduandos acerca das teorias de enfermagem na formação e na prática profissional. Métodos: pesquisa qualitativa, com 22 alunos matriculados na disciplina Fundamentos Teóricos do Cuidado em Enfermagem de um curso de pós-graduação em enfermagem. Resultados: evidenciaram-se a carência do ensino das teorias de enfermagem na graduação e a necessidade de inserção deste objeto de estudo nos currículos dos cursos, uma vez que elas sustentam e norteiam as ações do enfermeiro, respaldando a relação entre teoria e prática. As teorias conferiram pensamento científico e agregaram valor ao fazer profissional, assegurando qualidade e reconhecimento à profissão. Conclusão: o contato com as teorias na graduação é limitado, e a retomada da temática na pós-graduação é apontada como oportuna. Na percepção dos pós-graduandos, o conhecimento das teorias de enfermagem permite ao profissional extrair sua essência, fortalecer cientificamente sua prática e, assim, reconhecê-las como norteadoras do trabalho.

Publicado
2018-06-19
Seção
Artigos de Pesquisa