Perfil socioeconômico e clínico de gestantes com Síndrome Hipertensiva Gestacional

Joseline Pereira Lima, Laiza Larissa do Nascimento Veras, Évelin Karla Félix da Silva Pedrosa, Giselle dos Santos Costa Oliveira, Maria Vilani Cavalcante Guedes

Resumo


Objetivo: conhecer o perfil socioeconômico e clínico de gestantes com Síndrome Hipertensiva Gestacional. Métodos: estudo descritivo e exploratório, realizado na Atenção Básica, com 50 gestantes, mediante formulário. Dados analisados pela estatística descritiva. Realização de teste binomial para questões dicotômicas. Resultados: predominaram gestantes com idades entre 18 e 35 anos (76,0%), casadas (52,0%), dona de casa (44,0%), com ensino médio completo (64,0%), não fumante (88,0%) e não etilista (96,0%). Nunca abortaram (68,0%), fizeram cesáreas antecedentes (37,0%), portadoras de Diabetes Mellitus (24,0%), Hipertensão arterial crônica (60,0%), cardiopatas (6,0%), acima do peso (56,0%) e hemorragia durante a gestação (12,0%). Conclusão: prevaleceram gestantes jovens, em idade fértil, com escolaridade de nível médio e associação de outras comorbidades e fatores de risco importantes.


Palavras-chave


Enfermagem; Saúde da Mulher; Hipertensão Induzida pela Gravidez.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2018193455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa