Islamofobia e Elementos Fascistas no Discurso de Olavo de Carvalho e do Movimento Mídia Sem Máscaras (MSM)

  • Natalia Cruz Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Islamofobia, Fascismo, Intolerância, Conspiracionismo

Resumo

O artigo analisa a islamofobia no discurso  do Mídia Sem Máscara e de seu líder Olavo de Carvalho, e sua associação com elementos do fascismo, apontando sua ligação com um projeto político excludente e autoritário da extrema-direita. a metodologia usada foi a análise crítica do discurso e a conclusão é a de que o movimento adota teorias conspiratórias acerca do islã, construindo uma visão binária do mundo entre p "bem" e o "mal", usando como argumento a tese da islamização ocidental, com supostos pretextos de dominação mundial.

Biografia do Autor

Natalia Cruz, Universidade Federal Fluminense

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (1994), mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (1997) e doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (2004). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: nacionalismo, intolerância, racismo, anti-semitismo e exclusão. É profª adjunta de história contemporânea e História do Brasil República da Universidade Federal Fluminense.

Publicado
2019-11-11