Tratamento de grave hemorragia digestiva baixa sem uso de sangue em paciente dependente de hemodiálise: relato de caso<br>doi: 10.20513/2447-6595.2016v56n2p51-53

  • Walberto Monteiro Neiva Eulálio Filho Universidade Federal do Piauí
  • Helder de Melo Sérvio Hospital de Terapia Intensiva, Teresina, Piauí.
Palavras-chave: Anemia. Hemorragia. Testemunha de jeová.

Resumo

Trata-se de um relato de caso de uma paciente Testemunha de Jeová, feminina, 66 anos, com insuficiência renal crônica dialítica, apresentou episódio de grave enterorragia e choque hemorrágico. Como a paciente recusara transfusões de sangue foram adotadas condutas alternativas para estabilização hemodinâmica. Devido a sucessivas hemodiálises apresentou queda dos níveis de hemoglobina de 7,3 g/dl no pós-operatório imediato (POI) para o valor mínimo atingido de 3,9 g/dl no 11º dia pós-operatório. Permaneceu internada recebendo altas doses de eritropoietina, ferro, vitamina B12 e ácido fólico até que os níveis de hemoglobina se reestabelecessem.

Biografia do Autor

Walberto Monteiro Neiva Eulálio Filho, Universidade Federal do Piauí
Estudante da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Presidente da Sociedade de acadêmicos de medicina do Piauí (SAMPI), presidente da Liga acadêmica de anatomia clínica e cirúrgica da UFPI (LAACC-UFPI) membro da Liga acadêmica de medicina intensiva da UFPI (LAMI-UFPI).
Helder de Melo Sérvio, Hospital de Terapia Intensiva, Teresina, Piauí.
Cirurgião geral do Hospital de Terapia Intensiva, Teresina, Piauí, Brasil.
Publicado
2016-12-20
Seção
RELATOS DE CASO