Publicações científicas em ortopedia e traumatologia no Brasil: onde são concentradas e quais possíveis razões dessa concentração?

  • Sidney Wendell Goiana da Silva Faculdade de Medicina - Universidade Federal do Ceara - Campus Sobral
  • Giovanni de Andrade Lima Santa Casa de Misericórdia de Sobral
  • Adriano de Almada Ferreira Santa Casa de Misericórdia de Sobral
  • Júlio César Chagas e Cavalcante Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Ortopedia, Publicações, Periódicos

Resumo

Objetivo: mapear a realização de pesquisa em ortopedia no Brasil associando aos programas de pós-graduação credenciados, bem como o número de ortopedistas atuantes nas regiões verificadas. Metodologia: foi realizada uma análise descritiva das publicações nos dois principais periódicos na área, a Revista Brasileira de Ortopedia (RBO) e a Acta Ortopédica Brasileira (AOB), no período de 2011 a 2015, avaliando-se 836 publicações. Resultados: considerando-se os artigos nacionais, a região Sudeste predominou como principal sítio de publicações com 71,43% dos artigos da RBO e 77,99% das publicações da AOB. De outra forma, as regiões Nordeste e Norte demonstraram uma baixa participação em publicações da RBO, com 4,25% e 1,16% respectivamente. Já na AOB apenas a região Nordeste participou de publicações com 4,48% dos artigos. A região Sudeste possui cerca de 70% dos programas de pós-graduação na área clínico-cirúrgica e/ou Ortopedia e Traumatologia. Conclusão: demonstra-se uma polarização das publicações no país, com maior número de pesquisas realizadas na região Sudeste, possivelmente relacionado ao maior número de programas de pós-graduação na área, associado ao grande número de profissionais na região.

Biografia do Autor

Sidney Wendell Goiana da Silva, Faculdade de Medicina - Universidade Federal do Ceara - Campus Sobral
Atualmente é discente do Curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará - Sobral. Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (2002). Desempenhou a função de professor do Instituto Superior de Teologia Aplicada (INTA) sendo responsável pelas disciplinas de Anatomia descritiva animal, Anatomia Topográfica Animal, Técnica cirúrgica animal e Clínica cirúrgica de pequenos animais. Possui mestrado em Biotecnologia na Faculdade de Medicina da UFC. Tem experiência na área de Bioenxertos e remodelação óssea.
Adriano de Almada Ferreira, Santa Casa de Misericórdia de Sobral
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Pará (2005) . Atualmente é Residente de ortopedia e traumatologia da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Medicina.
Júlio César Chagas e Cavalcante, Universidade Federal do Ceará
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (1993). Tem experiência na área de medicina, com ênfase em ortopedia. Mestre em Cirurgia, chefe do serviço de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, professor do curso de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Sobral, Ceará, Brasil.
Publicado
2018-03-28
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS