Cultura de segurança em uma maternidade pública de ensino: conhecer para intervir

  • Claudia Cecília Hernandez Barillas Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Ana Claudia de Brito Passos Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Carlos Augusto Alencar Júnior Universidade Federal do Ceará (UFC), Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC)
  • Emeline Moura Lopes Universidade Federal do Ceará (UFC), Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC)
  • Eugenie Desiree Rabelo Neri Universidade Federal do Ceará (UFC), Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC)
  • Marta Maria de França Fonteles Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Djanilson Barbosa dos Santos Universidade Federal do Ceará (UFC)
Palavras-chave: Segurança do paciente, Cultura organizacional, Maternidades, Corpo Clínico.

Resumo

Objetivo: Avaliar a cultura de segurança dos pacientes na perspectiva dos médicos que atuam em uma maternidade. Método: Trata-se de um estudo transversal e quantitativo, com abordagem descritiva, realizado entre os meses de março e maio de 2016 com 124 médicos atuantes em uma maternidade pública de ensino do município de Fortaleza, Ceará, Brasil. As informações foram obtidas por meio do survey Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC), Criado pela Agency for Healthcare Research and Quality (AHRQ), que avalia as percepções de profissionais em relação à segurança do paciente em 12 dimensões. Resultados: entre as doze dimensões avaliadas, uma apresentou taxa de resposta positiva acima de 75% (área fortalecida): aprendizado organizacional e melhoria contínua (80,4%), e abaixo de 50% (áreas com potencial de melhoria): as dimensões passagens de plantão/turno, transferências internas (45,96%) e frequência de eventos notificados (39,51%). Quanto a percepção geral sobre a segurança do paciente, necessita de melhorias na visão dos médicos. Conclusão: O estudo demonstrou a existência de uma cultura de segurança na instituição, mas com potencial de melhorias em algumas dimensões o que pode ser alcançado através do desenvolvimento de intervenções mais efetivas. Este tipo de investigação é útil pois serve como instrumento eficaz no planejamento, auxiliando os gestores nesta atividade.

Publicado
2021-02-03
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS