AUDIODESCRIÇÃO DE JOGOS DE FUTEBOL: UM ESTUDO DE RECEPÇÃO

  • Celso André Nóbrega da Costa; Vera Lúcia Santiago Araújo

Resumo

Neste trabalho foi investigada a audiodescrição no futebol. O trabalho teve como objetivo analisar a recepção da audiodescrição de uma partida de futebol entre Ceará e Portuguesa no estádio do Castelão em Fortaleza por deficientes visuais. A pergunta de pesquisa foi: Qual seria melhor recurso de acessibilidade para o DV assistir a uma partida de futebol? Para responder essa pergunta, foram formuladas as seguintes hipóteses: 1) o deficiente visual necessita da narração esportiva do rádio e da audiodescrição para assistir a um jogo de futebol no estádio, como a maioria dos videntes que levam o rádio para o estádio para não perder nenhum lance da partida; 2) o deficiente visual necessita somente da audiodescrição para assistir a um jogo de futebol, já que ficaria confuso com a utilização de dois áudios, isto é, a audiodescrição e a narração do rádio. A metodologia utilizada foi descritivo-exploratória de natureza qualitativa. Os resultados da pesquisa apontaram para a refutação das duas hipóteses. Na opinião dos participantes, a melhor maneira de um DV assistir a uma partida de futebol seria uma audiodescrição com uma locução semelhante à narração esportiva. A audiodescrição foi considerada mais eficiente, porque trouxe mais detalhes sobre os elementos visuais presentes no jogo, no entanto não apresentou a emoção que possibilita o envolvimento do espectador a uma partida de futebol.

 

Palavras-chave: Tradução Audiovisual Acessível (TAVa); Audiodescrição (AD); Jogos de futebol; Pesquisa de recepção; Narração/Locução.

Publicado
2019-08-21