Práticas de significância da música sampleada

Cássio de Borba Lucas, Alexandre Rocha da Silva

Resumo


Este artigo se estrutura a partir de três objetivos centrais. Primeiro, retomar a noção de significância como proposta para os estudos artísticos e linguageiros com um foco duplo na intertextualidade e na produtividade semiótica dos objetos analisados, buscando um além/aquém da significação em suas acepções tradicionais. Segundo, apresentar a noção de sampleamento, retomando definições e descrevendo uma breve pré-história até chegar às práticas contemporâneas da música sampleada. Terceiro, apresentar algumas destas práticas correntes associadas ao sampleamento (o crate digging, o sample hunting e o sample sampling) que apontam para três tipos de produtividade (transcriativa, associativa e intersemiótica) que compreendemos como aspectos da significância da música sampleada. Resulta disto uma contribuição para o pensamento contemporâneo da música como linguagem artística que conjuga intertextualidades em um processo de produção irredutível à transmissão de conteúdos.

Palavras-chave: Música sampleada. Significância. Tradução.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.