Como propor um cartão postal

  • Rafael Amorim Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Performance, Escrita de artista, Práticas coletivas

Resumo

Escrito em primeira pessoa, o presente artigo reflete sobre a ação performativa Como propor um cartão postal, executada na Escola de Artes Visuais do Parque Lage – Rio de Janeiro, e compreendida como um desdobramento do Programa de Formação Gratuito de 2019. O escopo da ação que carrega o mesmo título deste estudo, foi o gesto de almoçar marmitas nas dependências do palacete da Escola, entendendo-o como prática desviante no cotidiano desse lugar, que existe na fronteira entre uma escola de artes livre e um dos pontos turísticos mais visitados no Rio de Janeiro. Este texto traz, não só uma narrativa sobre o que foi o trabalho proposto, mas também reflexões críticas acerca da aderência de determinados corpos e agenciamentos em espaços de arte.

Publicado
2020-12-24
Como Citar
Amorim, R. (2020). Como propor um cartão postal. Revista Vazantes, 4(2), 200-212. https://doi.org/10.36517/vazppgartesufc2020.2.60345