Aspectos do processo de projetação no design generativo: estudo de caso Orquestra Vermelha

  • Gisela Belluzzo de Campos Universidade Anhembi Morumbi
  • Fabio Espíndola Universidade Anhembi Morumbi
Palavras-chave: Design Generativo, Processo de criação, Orquestra Vermelha

Resumo

Este artigo tem como proposta analisar o processo de projetação (criação) do trabalho intitulado “Orquestra Vermelha”, do artista visual e músico Matheus Leston. O trabalho, caracterizado pelo autor como “show” é um “híbrido” entre instalação e performance atualizado em tempo real graças ao uso do design generativo o qual possibilita também a colaboração de trabalho e a criação de padrões gráficos e sonoros. A metodologia para a escrita do artigo consistiu em descrição do trabalho baseado no uso do software, em conceitos de linguagem visual, linguagem sonora, performance artística, bem como em entrevista com o autor do trabalho.

Biografia do Autor

Fabio Espíndola, Universidade Anhembi Morumbi

Doutorando e Mestre em Design pela Universidade Anhembi Morumbi. Professor na graduação em Design na Universidade Mackenzie.

Publicado
2020-12-24
Como Citar
Belluzzo de Campos, G., & Pereira Espíndola, F. (2020). Aspectos do processo de projetação no design generativo: estudo de caso Orquestra Vermelha. Revista Vazantes, 4(2), 10-22. https://doi.org/10.36517/vazppgartesufc2020.2.60384