Do objeto ao fático: a questão do como (Wie) no pensamento do jovem Heidegger

Miguel Angelo Caruzo

Resumo


O presente artigo visa descrever o “objeto” da filosofia no pensamento de Heidegger por meio da mudança no modo de questionar o que será investigado, a partir da conferência O conceito de tempo. Trata-se de deixar de perguntar pelo que (Was) para pensar o como (Wie). Com isso, o filósofo não desenvolve sua investigação diante de um objeto, mas no âmbito da experiência originária da vida fática.

Palavras-chave: Fenomenologia; Hermenêutica; Faticidade. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Resultado de imagem para logotipo redib

ARGUMENTOS - Revista de Filosofia

© 2015 Programa de Pós-Graduação em Filosofia-UFC/ICA
ISSN (online):1984-4255 | ISSN (Impresso):1984-4247