MIGRAÇÃO DE DUNAS E O PROCESSO DE SOTERRAMENTO NO LITORAL DE BARROQUINHA, CEARÁ, BRASIL

  • Renan Gonçalves Pinheiro Guerra Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará https://orcid.org/0000-0001-5961-3117
  • Andréa de Sousa Moreira Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará
  • João Rafael Muniz Silva Companhia de Água e Esgoto do Ceará
  • Hermógenes Henrique Oliveira Nascimento Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará
  • Eduardo Lacerda Barros Instituto de Ciências do Mar - LABOMAR/UFC

Resumo

A migração dos corpos dunares no litoral cearense enuncia a intensa dinâmica eólica característica de litorais semiáridos nordestinos. Nesse sentido, este trabalho buscou analisar o processo de migração das dunas e sua relação com a questão dos soterramentos no litoral de Barroquinha. As taxas de migração das dunas foram definidas pela extensão Digital Shoreline Analysis System (DSAS), nas quatro áreas de interesse de Bitupitá e localidades de Venâncio e Curimã. A área de avanço das dunas foi obtida por meio do método
polígono de mudanças. A migração das dunas no período de 2002 a 2014 evidenciou maior média das taxas de migração nas áreas 1 e 2, com 18,53 m/ano e 19,33 m/ano, e valores inferiores de 12,40 m/ano e 3,59 m/ano nas áreas 3 e 4. Ações de mobilização e sensibilização das comunidades são fundamentais para adequação da dinâmica socioespacial aos efeitos da migração dos corpos dunares.


Palavras-chave: dunas, dinâmica eólica, soterramento.

Publicado
2021-01-20