A FAMÍLIA EPITONIIDAE (MOLLUSCA: GASTROPODA) DO NORTE E NORDESTE DO BRASIL

Francisca Mariana Rufino de Oliveira, Cristina de Almeida Rocha Barreira

Resumo


A família Epitoniidae está amplamente distribuída no globo. As amostras desses micromoluscos foram obtidas através de dragagens realizadas pelas comissões oceanográficas GEOMAR II e III, ITAMARACÁ, CANOPUS, além de coletas manuais em praias do litoral do Ceará e exemplares já tombados na Coleção Malacológica Prof. Henry Ramos Matthews. Foram analisados 87 indivíduos, identificando-se 18 espécies de epitonídeos para a costa norte e nordeste do Brasil: Epitonium angulatum, Epitonium humpheysii, Epitonium krebsi, Epitonium unifasciatum, Epitonium occidentale, Epitonium candeanum, Epitonium denticulatum, Epitonium novanglie, Epitonium echinaticostum, Epitonium nautlae, Epitonium nitidella, Epitonium babylonia, Epitonium turritellulum, Amaea retifera, Cirsotrema pilsbryi, Cylindriscala watsoni, Opalia pumilio, Opalia crenata. As espécies Epitonium krebsi, Epitonium  echinaticostum, Cilindriscala watsoni, Epitonium nautlae e Opalia crenata tiveram seus registros ampliados para a região Norte (Amapá e Pará). Epitonium occidentale, Epitonium humpheysii e Epitonium babylonia também ampliaram seus registros para o nordeste brasileiro (Pernambuco e Ceará). A espécie Epitonium turritellulum teve seu primeiro registro para o Brasil no estado do Amapá. As ampliações de registros observados nesse trabalho devem-se a escassez de estudos anteriores acerca da composição da malacofauna da área.

Palavras-chave


epitonídeos, gastrópodes, plataforma continental, Norte, Nordeste

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Arquivos de Ciências do Mar