Condições e possibilidades para a avaliação de políticas públicas na Argentina a partir de uma perspectiva integrada

  • María Eugenia Brissón
  • Matías Mattalini
  • Nerio Neirotti

Resumo

Neste artigo, propomos apresentar os principais resultados de uma investigação cujo objetivo tem sido avaliar as possibilidade para o Estado argentino de criar um sistema integrado de avaliação de políticas públicas. Partimos de pesquisas anteriores em que nos aprofundamos na institucionalização da avaliação na Administração Pública Nacional que atualizamos a partir de mecanismos de busca oficiais de normas, estruturas, dispositivos e relatórios e sites dos órgãos da Administração Pública Nacional. Essas pesquisas indagam o desafio de construir um novo paradigma de avaliação que emerge em resposta às demandas impostas por um modelo de Estado e sociedade baseado no bem-estar e na efetivação dos direitos da população. Apresentamos uma descrição das condições institucionais existentes para avaliação marcando continuidade e rupturas entre dois períodos diferentes de governo: 2011-2015 e 2016-2019.

Biografia do Autor

María Eugenia Brissón

Universidad Nacional de Lanús – Programa Agenda Compartida

Matías Mattalini

Universidad Nacional de Lanús – Programa Agenda Compartida

Nerio Neirotti

Universidad Nacional de Lanús – Programa Agenda Compartida

Publicado
2020-12-30
Seção
Artigos Inéditos